Perseguido por lesões, Martinuccio retorna ao Brasil e acerta com Avaí

Meia-atacante atuou na temporada 2017 pelo Nueva Chicago, da Segunda Divisão Argentina, que foi seu primeiro clube profissional na carreira; jogador vai para seu sexto clube brasileiro

Perseguido por lesões, Martinuccio retorna ao Brasil e acerta com Avaí
Martinuccio estava no elenco da Chapecoense no ano da tragédia com avião (Foto: Divulgação/Chapecoense)

Conhecido no Brasil após se destacar no vice-campeonato da Libertadores com o Peñarol em 2011, mas afetado por muitas lesões na sequência da carreira, o meia-atacante argentino Alejandro Martinuccio atuará em 2018 pelo Avaí. O clube catarinense confirmou nesta sexta-feira (29) a contratação do jogador de 31 anos, que se apresenta para a pré-temporada da equipe no dia 3 de janeiro. O último clube do jogador foi o Nueva Chicago, da Segunda Divisão da Argentina - marcou dois gols em sete jogos, em sua passagem que começou em setembro do ano passado.

Martinuccio atuou nas categorias de base do River Plate e se profissionalizou pelo Nueva Chicago. Chegou ao Peñarol em 2009, onde conquistou o Campeonato Uruguaio da temporada 09-10 e o vice da Libertadores em 2011. No mesmo ano, assinou pelo Fluminense, passou seis meses no clube carioca antes de ir para o Villarreal, da Espanha.

Em 2012, voltou ao Flu e foi negociado com o Cruzeiro. Sua estreia pelo clube mineiro foi adiada por uma lesão na tíbia, problema grave, que obrigou o jogador a utilizar inclusive hastes de ferro na perna para o tratamento em 2013. Em 2014, Martinuccio atuou pelo Coritiba, marcando dois gols em 13 partidas pelo Brasileiro daquele ano. Em 2015 retornou ao Fluminense, mas não conseguiu atuar por conta de dores no local da lesão óssea que sofreu e foi dispensado pelo clube em julho daquele ano.

Em 2016, assinou com a Chapecoense, e também não conseguiu atuar em muitas oportunidades, até por conta de uma nova lesão no joelho. Foram 10 jogos e um gol com a camisa da Chape. Martinuccio estava no elenco do clube na época da tragédia com o voo da LaMia 2933, mas não estava disponível por conta de seus problemas físicos. Em 2017, saiu da Chape após críticas ao clube em rede social.

+ Trauma, saída conturbada e sonhos com os ex-companheiros: a vida de Martinuccio pós-acidente

Martinuccio acertou seu retorno ao futebol pelo Nueva Chicago, seu time de formação, para o segundo semestre de 2017. O jogador é o segundo reforço anunciado pelo Avaí, após a contratação do meia André Moritz. O Leão disputa em 2018 o Campeonato Catarinense, a Copa do Brasil e a Série B do Brasileiro. A estreia na próxima temporada acontece no dia 17 de janeiro, contra o Inter de Lages, pelo Estadual de SC.