Clayson exalta foco corinthiano na mira do hepta: "Não temos que nos preocupar com outra equipe"

Corinthians arranca empate do Cruzeiro no final da partida com gol de pênalti, e segue líder do Brasileirão

Clayson exalta foco corinthiano na mira do hepta: "Não temos que nos preocupar com outra equipe"
Foto: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

O Corinthians empatou com o Cruzeiro por 1 a 1 neste domingo (1º), no Mineirão, em partida válida pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro. O time paulista volta para casa com apenas 1 ponto, e com 8 pontos de vantagem para o vice-líder Santos.

O Timão vinha perdendo por 1 a 0 com gol de Rafinha, que abriu o placar ainda no primeiro tempo, e só conseguiu encontrar uma chance de empate aos 38’ do segundo tempo, quando o árbitro marcou pênalti após a bola bater na mão de Murilo. O responsável por bater a penalidade foi Clayson, justamente o autor do gol de empate na última partida contra o São Paulo.

Sim, eu pedi pra bater, estava entre eu e o Fagner, e ele disse que se eu estivesse confiante, podia bater. Fui feliz, graças a Deus, pude fazer mais um gol e ajudar a equipe a conseguir um empate fora de casa”, disse o atacante que entrou no segundo tempo no lugar do volante Gabriel.

Sobre a diferença de pontos para o vice-líder, Santos, a equipe demonstra concentração para os próximos jogos, buscando a vitória em cada um deles, para no fim, sagrarem-se campeões.

A gente não tem que se preocupar com outra equipe, temos que nos preocupar com a nossa, fizemos nosso dever fora de casa, agora é continuar trabalhando forte, e continuar em busca do título lá na frente”, declarou Clayson após o fim da partida.

O meia Rodriguinho também comentou sobre a diferença de pontos para o segundo colocado do Brasileirão, e demonstrou garra e confiança para os próximos confrontos.

“Vai ficar oscilando, não tem jeito, próxima rodada pode voltar a ser 10 [pontos]. Vamos lutar até o fim pra que no final a gente possa ser campeão”, declarou o camisa 26 do Corinthians.

O Cruzeiro, apesar de ter sido campeão da Copa do Brasil na quarta-feira (27), iniciou a partida melhor que o time visitante, e levava perigo ao gol de Cássio, mas o Corinthians começou jogar no mesmo nível do time celeste ainda no primeiro tempo, dando sinais de que poderia empatar, e até mesmo virar o jogo.

“Foi um jogo muito difícil, o Cruzeiro, apesar de ter sido campeão, não deu moleza. Primeiro tempo o Cruzeiro começou o melhor, tanto que criou a oportunidade do gol. Depois dos 30 minutos começamos a melhorar, conseguimos mais posse, não finalizamos tanto ao gol do Fábio. No segundo tempo começamos melhor, criamos oportunidades, conseguimos o gol”, analisou Rodriguinho.

O Corinthians não poderá contar com Romero e Fagner na próxima partida contra o vice lanterna do Brasileirão, o Coritiba, na quarta-feira (11), na Arena Corinthians às 21h. Além dos jogadores que foram advertidos na partida em Belo Horizonte, o Timão poderá ser anda mais desfalcado, por Gabriel e Maycon, que serão julgados pelo STJD na segunda-feira (8) por ações ocorridas no confronto com o São Paulo.

Sport Club Corinthians Paulista