Corinthians vence Coritiba em Itaquera e dispara na liderança do Brasileirão

Equipe do técnico Fábio Carille repete erros, mas conta a estrela do atacante Clayson para bater o Coritiba em Itaquera

Corinthians vence Coritiba em Itaquera e dispara na liderança do Brasileirão
Foto: Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

O Corinthians voltou a vencer no Brasileirão, na noite desta quarta-feira (12). Com um gol de , e dois de Clayson, o Timão bateu o Coritiba em Itaquera por 3 a 1. O gol solitário do Coxa foi marcado por Henrique Miranda. Apesar dos três gols marcados, a vida do líder do Campeonato Brasileiro foi difícil perante a um Coritiba perigoso quando resolvia atacar.

Com a vitória, a equipe do técnico Fábio Carille disparou na liderança com 58 pontos, abrindo momentaneamente 11 pontos do Cruzeiro, vice líder da competição. O Santos, que tem um jogo a menos enfrenta a Ponte Preta fora dos seus domínios, e caso vença, pode reassumir a vice liderança. Já o Coxa, derrotado nesta noite, estagnou na penúltima posição, com apenas 28 pontos somados, e já vê o lanterna Atlético GO se aproximar na classificação.

Para disparar ainda mais na liderança da competição, o Corinthians volta a campo no próximo domingo, quando visita o Bahia na Arena Fonte Nova, às 19h. Já o Coxa recebe o Grêmio no estádio Couto Pereira, no mesmo horário, e enxerga o próximo compromisso como uma oportunidade para começar uma reação contra a degola. 

Jô marca, mas Coritiba cresce

O primeiro tempo começou com um Corinthians diferente dos últimos jogos. Com os volantes Maycon e Camacho mais soltos, e paciência para criar, a equipe do técnico Fábio Carille envolveu o Coritiba com troca de passes e impôs o seu ritmo no meio campo. Logo aos 9 minutos, após passe de Balbuena, a bola sobrou no pé de Jadson e com um lindo toque de calcanhar colocou em condições para finalizar e vencer o goleiro Wilson. 

Após o gol inaugural o Coritiba cresceu na partida e investiu bastante em bolas alçadas na área. O Corinthians oferecia espaços suficientes para a equipe de Marcelo Oliveira levar perigo ao goleiro Cássio, que em noite inspirada realizou uma sequência de defesas que impediram que o Coritiba marcasse o seu gol antes. Primeiro em uma cabeçada do zagueiro Cléber, e depois em uma finalização a queima roupa do atacante Henrique Almeida. 

No final do primeiro tempo nem mesmo a estrela do goleiro alvinegro foi capaz de ofuscar a falha do zagueiro Pedro Henrique. Após cobrança de escanteio de Carleto, o atacante Henrique Almeida sozinho, em um espaço deixado pelo zagueiro da base corinthiana, foi as redes e anotou o gol de empate da equipe curitibana e levou o placar em igualdade para o intervalo.

Clayson, o talismã

O empate não servia para nenhuma das equipes. O Corinthians precisava vencer dentro dos seus domínios, e naquele momento estava tropeçando novamente contra um time que ocupa a parte inferior na tabela. O Coritiba buscava forças no gol de empate para tentar uma virada heróica contra o líder da competição, e ela quase veio após chute preciso de Tiago Real, e novamente outro milagre de Cássio.

Carille observava que o time não conseguia acelerar a partida e, mais uma vez, tirou um coelho da cartola. Clayson, que já havia marcado contra São Paulo e Cruzeiro foi para o jogo no lugar do volante Maycon. Com a substituição, a equipe mandante ficou mais ofensiva e esboçou que iria partir para a pressão contra um Coritiba que também queria a vitória. Carille abriu o meia Marquinhos Gabriel pela direita, e Clayson pela esquerda, e conseguiu abrir a defesa do Coxa. 

Com ares de sofrimento, o jogo se manteve empatado até os 33 minutos da segunda etapa, quando Léo Príncipe alçou a bola para área e, Clayson, novamente ele, ficou com a sobra do cruzamento e estufou as redes do goleiro Wilson. O atacante voltaria a marcar aos 43 minutos, após ficar com o rebote da finalização do meia Rodriguinho, fechando o placar na Arena Corinthians.

Sport Club Corinthians Paulista