De volta à equipe titular, Fábio quer Cruzeiro com pés no chão e pensando jogo a jogo

Arqueiro da Raposa comentou os diferentes momentos vividos pela equipe nesta temporada

De volta à equipe titular, Fábio quer Cruzeiro com pés no chão e pensando jogo a jogo
Fábio destacou que o time tem que mostrar em campo o seu favoritismo (Fotos: Washington Alves/Cruzeiro)

No Cruzeiro desde 2005, Fábio passou por diferentes situações dentro do clube, onde a equipe precisou se reerguer com a temporada em andamento e conquistou seus objetivos com muito poder de superação. Depois de uma lesão, o arqueiro celeste voltou à meta da Raposa, logo após perda do Campeonato Mineiro e queda na Copa Sul-Americana.

Jogador com maior número de jogos do Cruzeiro na história da instituição, Fábio já passou por situações bem contrastantes no clube. “Já estou aqui há mais tempo, tive experiência dos dois lados. Em 2013, saímos da Copa do Brasil e tivemos um baque, mas a equipe se fechou e conquistamos o Brasileiro. E também tivemos em 2011, quando fomos o melhor da primeira fase da Libertadores, e lutamos até a última rodada para não cair. Temos a oportunidade de escrever uma nova história, e esse é o nosso pensamento”, ressalta.

Este ano o Cruzeiro iniciou a temporada gerando grande expectativa em sua torcida para a conquista de títulos importantes. Reforçado, o elenco foi apontado como um dos melhores do Brasil. Posteriormente, a perda do Mineiro e a eliminação prematura na Sul-Americana colocaram em dúvida toda essa qualidade. O goleiro afirmou que o time neste momento tem que provar que é um dos candidatos aos títulos que disputa. 

“Se falou muito, antes das eliminações, que o Cruzeiro era um time que conquistaria todas as coisas. É dentro de campo que se resolve, não só com palavras. Tem que ter atitude para buscar os objetivos que temos pela frente: o Campeonato Brasileiro e a Copa do Brasil. Nossa conversa, principalmente depois da eliminação, foi sobre isso. Viver jogo a jogo e deixar o máximo dentro de campo. Foi colocado por todos os atletas, tivemos uma reunião bem consistente e produtiva. Esse é o foco, deixar nosso melhor lá dentro, com bastante pé no chão, e seguir com nosso objetivo, que é buscar os títulos dessas competições”, projetou.

Para Fábio, o elenco tem potencial para brigar por metas importantes, mas é preciso estar à altura de tanta expectativa. “Acho que tudo foi muito coerente, até antes da final do Estadual nossa equipe era dada como a melhor do Brasil. Sempre o Cruzeiro estava na lista, com o Palmeiras, eu acho. Sabemos que o futebol é dessa forma, é muito presente. Às vezes a pessoa está passando dificuldade numa outra equipe, conquista o título e as coisas mudam de aspecto. Da mesma forma na derrota. Focamos no que temos para disputar agora que é o Brasileiro e a Copa do Brasil”, finalizou.


Share on Facebook