Itair Machado fala em sétimo reforço, mas desconversa sobre Zé Rafael no Cruzeiro

Meia do Bahia volta a entrar no mercado na Raposa, mas dirigente mineiro despista

Itair Machado fala em sétimo reforço, mas desconversa sobre Zé Rafael no Cruzeiro
Foto: Divulgação

O pacote de reforços do Cruzeiro para esta temporada teve seis atletas: Fred, David, Edílson, Egídio, Bruno Silva e Marcelo Hermes. Nessa segunda (8), em coletiva na Toca da Raposa, o vice-presidente de futebol do clube, Itair Machado, confirmou que a diretoria celeste busca um sétimo nome e comentou sobre a possibilidade desse jogador ser Zé Rafael, do Bahia.

“Estamos contratando o Zé Rafael? Vocês saberão daqui uns dias se estamos ou não. O Cruzeiro está trazendo mais um atleta, isso eu posso adiantar, vamos trazer mais um atleta para o grupo. Mas como fizemos contratações pontuais, essa também será pontual para atender ao treinador. Vamos trabalhar com cautela, levantando o recurso porque ainda não temos o recurso todo”, afirmou Itair.

Em conversas com a VAVEL Brasil, o meia do Bahia afirmou que não sabe de nenhuma negociação e desconversou sobre um interesse do Cruzeiro. Nesse mistério do possível reforço celeste, Itair Machado despistou quando questionado sobre a posição, mas afirmou que é um atleta polivalente e versátil. 

“Se eu falar a posição, vai ficar fácil o trabalho de vocês (risos). Vou dar uma dica: posições gerais (risos). Ele joga em mais de uma [posição]", apontou Itair. Zé Rafael atua pelo meio e também pelos lados do campo. O Bahia pede cerca de 15 milhões de reais para liberar o atleta, e a negociação, para o Cruzeiro, envolveria o auxílio de investidores.

O nome de Zé Rafael foi especulado no Cruzeiro no fim de 2016 e agora volta de novo com força no mercado celeste. "Sobre contratar ou não o Zé Rafael, nós não vamos nos manifestar aqui, porque fizemos um pacto de só declarar ou comentar essas contratações quando forem feitas". Vocês (da imprensa) estão fazendo os seus trabalhos, mas quando divulga, dificulta as contratações", disse Itair.

"No caso do Zé Rafael, se for verdade, você pega o mês de novembro e vê que todos os grandes clubes do Brasil tentaram contratá-lo. O Bahia deu um aumento, renovou o contrato e o jogador permanece no Bahia. Então se o Cruzeiro chega aqui e fala que quer o jogador, vai acabar a entrevista e terão 10 clubes, como é o caso dele, querendo fazer proposta. Isso dificultaria", comentou o dirigente da Raposa.