Vinicius Junior é homenageado no samba-enredo de bloco de carnaval em São Gonçalo

Jogador do Flamengo é tema de bloco no Portão do Rosa, bairro onde cresceu em São Gonçalo; desfile será no dia 4 de fevereiro

Vinicius Junior é homenageado no samba-enredo de bloco de carnaval em São Gonçalo
(Foto: Buda Mendes/Getty Images)

No Brasil, é inevitável apontar futebol e carnaval como dois dos maiores símbolos culturais do país - símbolos esses que, por muitas vezes, se complementam. Um exemplo dessa junção poderá ser visto em 2018: o atacante Vinicius Junior, do Flamengo, será homenageado em um samba-enredo. O bloco Nunca Fui-Di-Mal Contigo, que é originário do Portão do Rosa (bairro onde o jogador cresceu em São Gonçalo), fará um desfile em tributo ao atleta no dia 4 de fevereiro.

“Joia rubro-negra”, Vinicius Junior ganhou maior notoriedade ao ser vendido ao Real Madrid por R$ 164 milhões. O jogador é cria das categorias de base do Flamengo e foi promovido ao grupo profissional em 2017. O jovem de apenas 17 anos impressiona por suas habilidades técnicas dentro dos gramados; atualmente, o atacante é um dos jogadores favoritos da torcida carioca.

A VAVEL Brasil conversou com Paulo Beckham, presidente do bloco Nunca Fui-Di-Mal Contigo e um dos compositores do samba-enredo (a letra foi escrita em parceria com Duda SG). A ideia de prestar tributo a Vinicius surgiu principalmente pela convivência do jovem e seu crescimento no Portão do Rosa.

(Foto: Arquivo Pessoal)
(Foto: Arquivo Pessoal)

"A ideia foi muito natural. (...) Uma de nossas diretoras, Nilda Leocádio, deu a ideia, mas não levamos muita fé. Depois consultamos o Vinicius Oliveira (pai de VJR), que também compõe a diretoria do bloco, e ele gostou da ideia. Vinicius Junior foi nascido e criado ali, eu fui criado junto com o pai dele. E ele pode estar se transferindo ao Real Madrid em junho, então seria o último carnaval dele aqui. Resolvemos desejar boa sorte nessa nova trajetória", afirmou.

Mesmo afastado, o pai de Vinicius Junior segue sendo membro da diretoria do bloco até os dias de hoje. Após contato da organização, Vinicius Oliveira consultou o filho sobre o enredo, que ficou extremamente feliz e deu o aval definitivo para que a homenagem acontecesse. Sua presença no bloco, entretanto, ainda não está garantida devido a um jogo do Flamengo no Campeonato Carioca.

"Tanto o pai quanto a assessoria dele estão se esforçando muito para que ele esteja no bloco. (...) Só que, nesse dia, ele tem um jogo contra o Nova Iguaçu em Volta Redonda. O pai dele está trabalhando para que ele passe lá e possa prestigiar a homenagem, mas ainda não está confirmado", ressaltou Paulo.

(Foto: Arquivo Pessoal)
(Foto: Arquivo Pessoal)

E qual o sentimento do Portão do Rosa em ver seu "filho" decolando mundo afora? Paulo conta que o bairro de São Gonçalo sempre acompanhou todos os detalhes da carreira de Vinicius Junior - até mesmo as pessoas que não torcem para o Flamengo.

"O sentimento da maioria do Portão do Rosa é de felicidade. Nós prevíamos uma carreira dele no futebol, mas não sabíamos que seria dessa magnitude. Ele sempre foi muito bom de bola, sempre jogou no time do Rosão (do bairro). Aos 11 anos, ele jogava entre a gente com 25/26 anos, e sempre se destacou. (...) Eu sou botafoguense doente, e quando 'Juninho' fez o primeiro gol dele profissional, eu gritei pulando, comemorando o gol. É um sentimento de carinho pelo garoto", acrescentou.

A homenagem a Vinicius Junior é mais que especial, mas essa não é a primeira vez que o bloco unirá futebol e carnaval: em 2014, o samba-enredo teve a Copa do Mundo como grande inspiração. O Nunca Fui-Di-Mal Contigo surgiu com o intuito de trazer o samba para dentro da comunidade, que sempre teve uma cultura futebolística muito forte, especialmente na quadra do colégio Pereira Rocha.

(Foto: Arquivo Pessoal)
(Foto: Arquivo Pessoal)

"Futebol é uma grande cultura no nosso bairro, futebol de várzea, campeonatos. Eu, por ser sambista e filho de sambista, queria trazer isso para minha comunidade, uma cultura de samba. Em São Gonçalo, há muitos quilombos de resistência negra e cultural em que o samba vive. No meu bairro não tinha, então decidimos criar esse bloco", revelou Paulo Beckham.

A composição do samba - que foi escrito por mensagens no WhatsApp - foi dividida em quatro etapas: a infância humilde de Vinicius Junior no Portão do Rosa, seus primeiros passos na escolinha de futebol, seu momento atual no Flamengo e o futuro de sua carreira internacional.

Confira a letra completa do samba, composta por Paulo Beckham e Duda SG:

"Ô! Dá-lhe, dá-lhe, dá-lhe!
É o filho do Portão do Rosa
Olê, olê, olê!
Brilhando pelo mundo afora!

Um menino sonhador
De pés descalços, jogou futebol
Pipas no alto em domingo de sol
Mas o destino reservou e Deus abençoou
Em seus primeiros passos
Seu professor ensinou o que para ele parecia fácil
Dribles, pedaladas e jogadas geniais
Levou ao seu time de coração
Onde traz raça, amor e paixão

Vinicius Junior é show!
Faz mais um gol e alegra meu Brasil
Quem me viu, mentiu, se uma lágrima caiu
Foi emoção de te ver vencer
De São Gonçalo saiu... Temos orgulho de você! 

Vai daqui para Madri, corações fascinar
A Europa encantar, viver o sonho Real
O Bloco Nunca Fui-Di-Mal Contigo
Deseja boa sorte Vinicius, e volte com o Mundial!"