Alívio: Renato Chaves marca no fim, Fluminense elimina Caldense e avança na Copa do Brasil

Tricolor superou a má atuação no segundo tempo e conseguiu a vitória sobre o time mineiro

Alívio: Renato Chaves marca no fim, Fluminense elimina Caldense e avança na Copa do Brasil
Foto: Lucas Merçon/Fluminense FC
Caldense
0 1
Fluminense
Caldense: Omar; Jefferson Feijão, Marcelo, Robinho e Jhonathan; Jean Henrique, Mineiro (Juninho, min. 11'/2ºT) e Arilson; Potita (Matheus, min. 26'/2ºT), Willian e Anderson Rosa (Carlinhos, min. 29'/2ºT). Técnico: Zezito.
Fluminense : Júlio César; Reginaldo, Renato Chaves e Ibañez; Gilberto, Richard, Jádson, Sornoza (Caio, min. 0'/2ºT) e Ayrton Lucas; Marcos Júnior (Dudu, min. 32'/2ºT) e Pedro (Marlon Freitas, min. 47'/2ºT). Técnico: Abel Braga.
Placar: 0-1, min. 46'/2ºT, Renato Chaves.
INCIDENCIAS: Jogo válido pela primeira fase da Copa do Brasil. Partida realizada em Poços de Caldas, em Minas Gerais.

Muitos erros e outra atuação ruim, mas o Fluminense conseguiu vencer a Caldense por 1 a 0, na noite desta quarta-feira (31), em Poços de Caldas, e avançou para a segunda fase da Copa do Brasil. O gol da vitória saiu já no final do jogo, com o zagueiro Renato Chaves.

O equilíbrio marcou o confronto entre Caldense e Fluminense. No primeiro tempo, o time carioca levou a melhor e criou algumas oportunidades de perigo, mas o zero permaneceu no placar. No segundo tempo, o time mineiro cresceu e buscou a vitória, mas acabou punido no final.

Com a vitória sobre a Caldense, o Fluminense avança para a segunda fase da Copa do Brasil. O próximo adversário será o vencedor do confronto entre Novo Operário-MS e Salgueiro-PE. Agora o Flu volta a focar no Campeonato Carioca. O próximo compromisso é no sábado, às 19h (de Brasília), contra o Macaé, em Los Larios. O Tricolor precisa da vitória e secar outros jogos para conseguir a classificação para a semifinal da Taça Guanabara. 

Superioridade do Flu no primeiro tempo

O Fluminense começou melhor na partida. Abel manteve a equipe com o esquema de três zagueiros e adiantou Jadson para perto de Sornoza. Além disso, defensivamente o Flu marcou bem e não teve dificuldades na primeira etapa. 

Entretanto, o Fluminense continuou dependente dos laterais para conseguir levar perigo. Foi dos pés de Ayrton Lucas que saiu o passe para o gol mal anulado de Pedro aos 26 minutos. Pelo alto, Reginaldo - que retornou a equipe devido a ausência de Gum - obrigou o goleiro Omar a fazer algumas defesas em cabeçadas. Mas o placar continuou zerado até o apito final. 

Caldense domina Flu, mas sofre gol no fim

Precisando da vitória, a Caldense precisou atacar o Fluminense no segundo tempo e cresceu na partida. Com outra postura, a equipe de Zezito adiantou a marcação e por alguns momentos dominou a partida. Willian teve grande chance de abrir o placar aos 17 minutos, mas furou a bola após cruzamento de Juninho. 

Desorganizado, lento e sem criatividade após a saída de Sornoza, o Fluminense não conseguiu criar nenhuma jogada de perigo durante o segundo tempo e nos contragolpes levou sustos com a Caldense. Entretanto, a Veterana não conseguia invadir a área do Tricolor e arriscava muitos chutes de fora, todos para fora. No fim, aos 46, Renato Chaves recebeu de Pedro e marcou o gol da vitória do Flu. 

Foto: Lucas Merçon/Fluminense FC
Foto: Lucas Merçon/Fluminense FC