Palmeiras poderá usar camisas da Chapecoense diante do Vitória

Clube manifestou o desejo de homenagear o time catarinense e já tem o aval de seus patrocinadores

Palmeiras poderá usar camisas da Chapecoense diante do Vitória
Crefisa e FAM já deram o aval para que o Palmeiras possa entrar em campo com a camisa da Chapecoense (Foto: Cesar Greco)

Entre inúmeros atos de solidariedade a tragédia ocorrida na manhã desta terça-feira (29), na Colômbia, onde o avião que levava a delegação da Chapecoense até Medellín caiu e deixou mais de 70 mortos, o Palmeiras, atual campeão brasileiro, também se movimenta para homenagear o time catarinense, que perdeu 19 atletas, toda a sua comissão e técnica e alguns dirigentes.

O Verdão confirmou, por meio de sua assessoria de imprensa, que pedirá à Confederação Brasileira de Futebol (CBF) para jogar com a camisa da Chapecoense na última rodada do Campeonato Brasileiro, diante do Vitória, marcada para o dia 11 de dezembro. O clube já tem o aval da Crefisa e da Faculdade das Américas (FAM) e também solicitará a liberação da Adidas, sua fornecedora esportiva, para poder prestar essa homenagem.

As equipes se enfrentaram no último domingo (27), em partida que corou o Palmeiras com o título nacional. Na ocasião, a Chapecoense poupou boa parte de seus titulares, visando a decisão da Copa Sul-Americana, contra o Atlético Nacional, que aconteceria nesta quarta-feira (30).

Clube emite nota

Também na terça-feira, o Palmeiras emitiu uma nota de pesar em seu site oficial e suas redes sociais. Confira na íntegra:

A Sociedade Esportiva Palmeiras lamenta profundamente a tragédia ocorrida com a delegação da Chapecoense na manhã desta terça-feira (29). Tivemos a honra de receber a equipe coirmã em nosso estádio no último domingo (27), e o jogo foi disputado em completo clima de respeito, profissionalismo e lealdade. Não à toa, quando o ônibus do time catarinense deixava o Allianz Parque, os representantes da Chape foram aplaudidos e incentivados pela torcida palmeirense rumo ao título da Copa Sul-Americana”, declarou em nota.

O clube lembrou, também, das vítimas que tiveram passagem pelo clube. “Lamentamos também a morte de dirigentes, jornalistas, tripulação e demais passageiros. Nossa eterna gratidão aos profissionais que trabalharam no Palmeiras e honraram a camisa durante todo o tempo em que estiveram conosco. Caio Júnior, Josimar, Ananias e Mário Sérgio Pontes de Paiva estarão para sempre em nossas memórias. Nossos profundos sentimentos a todos familiares e amigos.”