Felipe Melo elogia Valentim: "Palmeiras era um grupo que foi destruído"

O experiente volante comentou a melhora no ambiente do Palmeiras com o treinador interino

Felipe Melo elogia Valentim: "Palmeiras era um grupo que foi destruído"
Foto: Palmeiras/Divulgação

A melhora no rendimento do Palmeiras nas últimas rodadas do Brasileirão não se limita a aspectos táticos de jogo. Felipe Melo, uma das grandes figuras do elenco do Verdão, atribui a melhora também ao modo do jovem treinador lidar com o grupo. 

"O Palmeiras era um grupo de amigos que foi destruído, de certa forma, e o Valentim conseguiu resgatar essa amizade nossa dentro e fora de campo. Isso é muito importante. Começamos a jogar futebol, começamos a ter mais alegria para jogar futebol.", declarou.

Antes do início da atual passagem de Valentim e de seu retorno ao time titular, Felipe Melo amargava a reserva no Palmeiras sob o comando de Cuca. O jogador e treinador protagonizaram um desentendimento após a eliminação do Alviverde na Copa do Brasil contra o Cruzeiro. Já sem Cuca no comando, Felipe seguiu como reserva por mais algumas partidas, até ganhar nova chance no jogo contra o Flamengo. A partir de então, recuperou espaço no grupo, e a moral com a torcida, que sempre foi grande, passou a ser ainda maior.

Entretanto, a chance de Valentim seguir no Palmeiras em 2018 é pequena. Antes de contratar Roger Machado, a diretoria do Verdão já havia anunciado para o interino que contrataria outro treinador, e o convidou para retornar ao cargo de auxiliar fixo do clube. Medida que vai em desencontro aos planos de Valentim, que deseja seguir sua carreira como treinador na próxima temporada. Apesar de o técnico ainda não ter anunciado oficialmente se deixará o Verdão, Felipe Melo desejou sorte:

"Todo mundo vai dar uma resposta assim: "esperamos que ele (Valentim) continue conosco.". Mas eu vou ser bem sincero, como sempre fui: eu espero que ele esteja no ano que vem em um clube grande, em um bom clube, que ele possa seguir a carreira dele como treinador. É um cara que sabe muito, entende muito de futebol, acho que seria um desperdício. Se ficar, vai agregar muito, porque é muito inteligente, mas eu espero que ele tenha a oportunidade de seguir carreira como treinador. Como falei, vai dar o que falar.", ponderou.

Enquanto aguarda a resposta oficial de Valentim, o Verdão já trabalha nos bastidores para definir seu departamento de futebol para 2018. A pedido de Roger Machado, com quem trabalhou no Grêmio, James Freitas, ex-auxiliar permanente do Cruzeiro, aceitou convite do Verdão para fazer parte da nova comissão técnica. O Palmeiras ainda não comunicou se James será membro da comissão fixa do clube, ou se será parte da equipe de Roger, que já conta com Roberto Ribas, também auxiliar.