Volante Uillian Correia é pego no doping e punido preventivamente pelo STJD

Cabeça de área foi flagrado no empate diante da Chapecoense, na Arena de Pernambuco, e pode ser suspenso por até quatro anos

Volante Uillian Correia é pego no doping e punido preventivamente pelo STJD
Mesmo com afastamento por um mês, clube tem direito de recorrer e se pronunciar ao órgão em cinco dias (Foto: Ney Gusmão/VAVEL Brasil)

Como se toda desgraça pouca parecesse somente bobagem, a situação do Santa Cruz vai se agravando a cada dia que passa. Nesta segunda-feira (24), mais um novo capítulo negativo foi escrito na - melancólica - trajetória no Campeonato Brasileiro 2016. Titular e com um espaço praticamente garantido, o volante Uillian Correia foi pego no exame anti-doping.

O resultado, obtido em coleta depois do empate com a Chapecoense, aponta que o cabeça de área tricolor foi flagrado ao usar higenamina, conhecida por ser termogênico para acelerar a queima de gordura. A suspensão do atleta é preventiva por até 30 dias, podendo chegar nos quatro anos, dependendo do julgamento. A substância é proibida por determinação do Regulamento de Controle de Doping da Fifa, junto à Confederação Brasileira de Futebol, tal como a Agência Mundial Anti-doping.

A publicação no STJD, mesmo com a punição sendo na última quinta-feira (20), foi comunicada oficialmente após ser enviada às partes em questão. De acordo com o documento, o clube tem até cinco dias para recorrer da determinação, apresentando uma defesa escrita e provas produzidas.

Uillian Correia pode ser suspenso por até quatro anos após ser flagrado no doping (Foto: Genival Fernandes/Especial à VAVEL Brasil)
Uillian pode ser suspenso por até quatro anos (Foto: Genival Fernandes/Especial à VAVEL Brasil)

Rio, 20/10/2016.

"Comunicamos que o Dr. Auditor Presidente do Superior Tribunal de Justiça Desportiva, Dr. Ronaldo Botelho Piacente, de acordo com o disposto no Art.102 do CBJD, aplicou a suspensão preventiva por 30 (trinta) dias ao atleta Uillian Correia Granemann do Santa Cruz F.C.

Determinou, outrossim, a abertura de vista ao atleta, para que apresente, no prazo de 05 (cinco) dias, defesa escrita e provas que pretender  produzir"

Segundo o advogado do Mais Querido, Uillian vai ter o apoio do setor jurídico, ainda que o Cruzeiro, detentor dos seus direitos federativos, já tenha sido notificado. Em solo pernambucano, não houve conversa entre as partes, porém a papelada está em desenvolvimento para que haja o envio ao órgão máximo da justiça desportiva.

"O clube já está levantando todas as informações e é muito preliminar falar de qualquer tipo de situação. Estamos vendo com o atleta, com o Departamento Médico, assim como o Cruzeiro, detentor dos direitos do atleta, para montarmos a melhor defesa. Estamos à disposição para o que ele precisar", afirmou Eduardo Lopes.

Com isso, o marcador vira desfalque para o técnico Adriano Teixeira, recém-oficializado na Cobra Coral, para a sequência do Brasileirão. O time volta a campo, às 18h30 (de Brasília), do próximo sábado (29), diante do Internacional pela 33ª rodada. O confronto pode até selar o rebaixamento com cinco duelos de antecedência, dependendo só dos rivais fora do Z-4.