Fratus avança à semifinal dos 50m peito na natação e é único brasileiro com chance de pódio
Foto: Jonne Roriz/COB

Na manhã desta sexta (30) o brasileiro Bruno Fratus nadou no Centro Aquático de Tóquio e conseguiu a classificação para a semifinal dos 50m livre da natação nas Olimpíadas de Tóquio.

Na série das oito eliminatórias Fratus conseguiu o melhor tempo em sua bateria, completando a prova em 21s67, quarto melhor tempo geral. Com a classificação Fratus vai entrar na piscina às 23h11 de ainda hoje. A final acontece no sábado (31), às 22h30.

Fratus comentou a classificação e a velocidade da prova, que é considerada a mais rápida da natação olímpica: “Se não fosse tão rápido assim as pessoas chamariam de 1.600m, não de 50m. E é isso o que você espera para os 50m: um centésimo de segundo separando as pessoas. Foi bom”.

Outros brasileiros não chegam lá

Etiene Medeiros também disputou os 50m livre, mas fez apenas o 10º tempo na classificação nesta manhã e deu adeus à competição, com 25s42 no tempo.

Nos 1500m livre masculino o nadador Guilherme Costa também ficou pelo caminho, fazendo o sexto melhor tempo, com 15min01s18, mas ainda sem chances de classificação.

Por fim, no revezamento 4x100m meddley masculino, a equipe Guilherme Guido, Felipe Lima, Vinicius Lanza e Marcelo Chierighini foi desclassificada após um erro em transição, do costas para o nado peito, com Felipe Lima. Esse erro custou 0s08, que deixou os brasileiros com 2min32,29, empatado com a equipe dos Estados Unidos, mas logo atrás.

Medalhas

Em quatro provas, sendo duas masculinas e duas femininas, já tivemos medalhas! Nos 200m peito feminino a Sul-Africana Schoenmaker fez 2:18,95, levando o ouro. King e Lazor, com 2:19,92 e n2:20, 84 respectivamente, ficaram com as medalhas de prata e bronze para os Estados Unidos.

Ainda no feminino, mas nos 100m livre, a australiana McKeon ficou com o ouro, tendo um tempo de 51s96, seguida por Haughey, de Hong Kong, com 52s27. O bronze ficou com a também australiana Campbell, que fez 52s52.

Nos 200m costa masculino, Rylov fez o melhor tempo, com 1:53,27, levando assim o ouro para o Comitê Olímpico Russo. Em segundo veio o americano Murphy, com 1:54,15. No bronze o britânico Greenbank fez 1:54,72.

Por fim, nos 200m individual Medley, o chines Wang fez 1:55,00 e levou o ouro para casa, com o britânico Scott logo atrás, com 1:55,28. O bronze foi para o Suíço Desplanches fez 1:56,17.

*com informações da Agência Brasil

VAVEL Logo