McLaren assume lugar da Mercedes no grid da Fórmula E a partir da próxima temporada
Divulgação/Fórmula E

Depois de tanta expectativa, finalmente o anuncio saiu: a McLaren está oficialmente garantida no grid da próxima temporada da Fórmula E, a qual marcará a chegada do Gen3, a nova geração de monoposto elétricos.

A McLaren ocupará no grid o lugar da Mercedes, após concretizar durante os últimos dias a compra da equipe da montadora alemã na categoria.

Com isso, a McLaren segue expandindo os horizontes da marca na direção de outras competições do esporte a motor, indo além da já vitoriosa equipe de Fórmula 1. Além da Fórmula E e da F1, o time de Woking também está presente no Extreme E (competição off-road de carros elétricos) e na Fórmula Indy.

Por sua vez, a Mercedes finalmente dá um ponto final em sua curta história na Fórmula E, porém, vitoriosa. A equipe alemã ingressou no mundial na sexta temporada, e no ano seguinte já conquistou o título entre os pilotos e também de equipes.

Ian James, que atualmente é o chefe da Mercedes Benz EQ e comandou o time desde o início do projeto, exercerá o mesmo cargo na futura equipe da McLaren. 

“O anúncio de hoje confirma um animador novo capítulo no desenvolvimento da equipe”, afirmou.

“Desde nossa chegada em 2019, desempenho, sustentabilidade e adaptação tem sido nossas chaves para o sucesso. Mercedes-Benz tem sido o principal apoiador desta equipe até o momento e quando começamos essa jornada, só poderíamos esperar pelos resultados que tivemos até hoje.”

“Os claros objetivos e experiência tecnológica da companhia apenas aceleraram nossas ambições e gostaria de agradecê-los por serem os donos que mais apoiaram e nos ajudaram a fazer o mais sabemos: correr. Agora, mais uma vez, foram essenciais para encontrar o parceiro certo para seguirmos na FE”, completou Ian James.

Ainda restam alguns detalhes sobre a McLaren na Fórmula E que ainda não foram revelados, como qual será o powertrain utilizado pela equipe. os boatos dão conta de que as conversas coma  Nissan estão em um estágio bem avançado e deverá ser concretizado nos próximos dias.

Também não se sabe qual será a dupla de pilotos. A principio, existia a possibilidade de ser mantida a dupla atual de pilotos da Mercedes, porém ambos dificilmente permanecerão na Fórmula E após o término da atual temporada. Nyck de Vries é um nome quase certo na Williams (talvez ainda este ano na Fórmula 1, no lugar de Nicolas Latifi), enquanto Stoffel Vandoorne pode trocar os monopostos elétricos pelos carros da Indy.

VAVEL Logo