Wozniacki elimina Sharapova pelas oitavas do US Open e enfrenta Errani em busca da semifinal

A dinamarquesa Caroline Wozniacki fez jus a sua boa forma e eliminou a russa Maria Sharapova nas oitavas de final do US Open, ao derrotá-la por 2 sets a 1, com parciais de 6/4, 2/6 e 6/4.

Wozniacki variou mais seus golpes e angulou melhor as bolas durante o primeiro set, ganhando assim a primeira parcial com uma quebra de vantagem. No segundo set a dinamarquesa abaixou um pouco o ritmo, enquanto Sharapova com boas devoluções levou a partida para a terceira parcial. Mas aí entrou em jogo a garra de Caroline, que fez a torcida aplaudir de pé suas defesas que se sobressaiam contra as potentes e fundas bolas que Sharapova atacava.

A ex-número 1 do mundo corre atrás de seu primeiro Grand Slam, e esbanja confiança: “Eu nunca duvidei de mim. Trabalho duro todos os dias. Eu sei que tenho os níveis de competir contra todas elas, e eu posso vencer qualquer uma em um dia bom”, disse a jogadora que vem bem durante toda a temporada de quadra dura pós-Wimbledon, que começou com um título em Istambul. Wozniacki ainda fez dois bons Premier, sendo derrotada apenas em dois jogos duros contra Serena Williams, tanto em Montréal quanto em Cincinnati.

Sharapova, por sua vez, aumenta a lista de favoritas eliminadas. Das seis melhores ranqueadas da competição, apenas Serena Williams ainda está viva.  Apesar da derrota, ela avaliou bem sua temporada a partir do título em Stuttgart, no saibro: “Fiquei perto de sair do top 10 a cada jogo da temporada de saibro, começando em Stuttgart. Havia muita coisa em jogo e mostrei o meu melhor. Não consegui fazer isso nos outros Slam nos momentos finais dos jogos. Foi muito bom ter vencido em Paris, mas agora isso não ajuda muito”, foram as palavras da russa.

Wozniacki enfrenta agora a semifinalista de 2012 Sara Errani. A italiana que mescla com grandes resultados simples e duplas, eliminou a surpreendente croata Mirjana Lucic-Baroni em um jogo com muitas reviravoltas, que teve parciais de 6/3 2/6 6/0. Errani é outra jogadora que tem um grande poder defensivo, e o duelo que vale vaga pela semifinal promete ter bastante trocas de bola.

A croata, por sua vez, levou ao mundo do tênis uma bela história de vida e de superação. A promessa do final dos anos 90, que ganhou seu primeiro WTA que disputou tanto em simples, quanto em duplas (Australian Open), sofreu com lesões e casamento durante muitos anos, e mesmo assim, 15 anos após sua chegada ao circuito, eliminou a número 2 do mundo Simona Halep para fazer oitavas de final e se emocionar após a vaga mesmo com agora mais acima dos 30 anos.

VAVEL Logo