Após 19 meses longe de Slams, Sharapova estreia no US Open com vitória alucinante contra Halep

A primeira sessão noturna do US Open 2017 reservou, de cara, um grande duelo na chave feminina. Simona Halep, atual número dois do mundo, teve de encarar logo em sua estreia a multi-campeã Maria Sharapova, vencedora do slam americano em 2006.

Apontada desde o sorteio como a grande partida da primeira rodada, as duas tenistas não decepcionaram e jogaram um tênis de altíssimo nível no Arthur Ashe Stadium. No detalhe, a tenista russa levou a melhor por 2 sets a 1, parciais de 6/4 4/6 6/3, em 2h44 de jogo.

Antes da estreia, muitas dúvidas pairavam sobre as condições físicas de Maria Sharapova. 15 meses afastada do circuito por acusação de doping, a russa chegou à Nova York como wild card, tendo disputado apenas nove partidas durante a temporada. Superando todas as expectativas, Maria mostrou grande intensidade e movimentação, além da costumeira agressividade. 

Com a derrota, Simona Halep se despede de 2017 distante do posto de número 1 do mundo e sem o tão sonhado título de Grand Slam. Em Roland Garros, a romena bateu na trave, perdendo a decisão para Jelena Ostapenko.

Resumo: Agressividade vs. Solidez

(Foto: Clive Brunskill/Getty Images)

Logo no primeiro game, as tenistas já mostraram que o jogo seria de muita correria, trocação e belos winners. Com 1/1 na parcial, Sharapova encarou seu primeiro break point, mas conseguiu salvar, jogando o ponto com muita agressividade. Embalada por confirmar game importante, a russa foi pra cima da adversária, conseguindo a quebra com belíssimo winner de devolução: 3/1.

Mas a romena, incansável, continuou sólida do fundo de quadra e imediatamente devolveu o break, voltando pro jogo. A história se repetiu nos dois games seguintes, com duas novas quebras. No 4/3 contra, Halep finalmente conseguiu sacar bem e confirmar, igualando a parcial em 4/4. Pressionada, Maria reagiu bem e também confirmou. Servindo pra ficar viva, Halep cometeu dupla falta no deuce e viu o set escapar pelas mãos em novo winner de devolução da adversária: 6/4.

O segundo set parecia se desenhar ao gosto de Maria Sharapova. Halep, visivelmente abatida pela derrota na primeira parcial, não conseguia responder à agressividade de sua adversária, testemunhando russa acumular winner atrás de winner. Com uma quebra logo cedo, a russa abriu 3/0 e tentou administrar a parcial.

Todavia, no 4/2, Maria oscilou e errou demais, permitindo a romena renascer na partida. Com a quebra, a parcial mudou de mãos e todo o panorama da partida se modificou. Sharapova perdeu três games consecutivos e viu sua adversária sacar para o set, em 5/4. Halep teve problemas e encarou inúmeros break points, mas conseguiu fechar em 6/4, levando a partida para o terceiro e decisivo set.

A terceira parcial começou idêntica à segunda. Sem demonstrar cansaço ou abatimento, Maria manteve sua postura agressiva e logo abriu 3/0, parecendo encaminhar o set. Halep lutava e não dava nenhum ponto de graça, mas, desta vez, a russa não baixou a guarda e conseguiu fechar a parcial em 6/3.

(Foto: Elsa/Getty Images)

Estatísticas da partida 

  • Aces: 7 x 1
  • Winners: 60 x 15
  • Erros não-forçados: 64 x 14
  • Break points: 5/22 x 4/10
VAVEL Logo