Ao lado de Bellucci, André Sá perde para argentinos e se despede das quadras no Brasil Open
André Sá em ação (Foto: Gaspar Nóbrega/DGW Comunicação)

Ao lado de Bellucci, André Sá perde para argentinos e se despede das quadras no Brasil Open

Mineiro de 40 anos disputou seu último torneio em São Paulo e acabou perdendo para Delbonis e Gonzalez por dois sets a zero

reokami
Renato Okabayashi Miyaji

Nesta quarta-feira (28), começaram as quartas de final do Brasil Open 2018, o ATP 250 de São Paulo. Na quadra central do Ginásio do Ibirapuera, na capital paulista, os tenistas brasileiros André Sá e Thomaz Bellucci enfrentaram os argentinos Federico Delbonis e Maximo Gonzalez.

A vitória dos argentinos foi pelo placar de dois sets a zero, com parciais de 7/6 e 7/5, depois de uma hora e 43 minutos em quadra.

+ Guia VAVEL do Brasil Open 2018

Na semifinal, Delbonis e Gonzalez enfrentam a dupla composta pelo brasileiro Rogério Dutra Silva e o tcheco Roman Jebavy, que vem de vitória sobre os cabeças de chave número três do torneio - Andres Molteni e Guillermo Duran da Argentina - por dois sets a zero, com parciais de 6/4 e 6/3, em uma hora e um minuto de jogo.

+ Rogerinho vence e vai às semis nas duplas do Brasil Open; Monteiro para nas oitavas

Resumo da partida

Bellucci começou sacando e, desde o primeiro game, os argentinos mostraram que iriam ameaçar nas devoluções. Bem na rede, Sá salvou o break point e manteve o saque da dupla brasileira. No quarto game, quando Gonzalez sacava, Bellucci encaixou ótimas devoluções e conseguiu a quebra para os brasileiros.

No sexto game, Delbonis se atrapalhou no serviço e cedeu outro break para os adversários. Reagindo, os argentinos fizeram quatro games seguidos para empatar. Assim, a definição foi para o tiebreak, no qual os argentinos foram melhores e venceram por 7/4.

As duplas começaram bem o segundo set, com cada uma confirmando seus games de saque. No sexto game, quando Bellucci sacava, Delbonis encaixou excelentes devoluções e conseguiu a quebra. Na sequência, os brasileiros elevaram o nível de seu jogo para devolver o break e empatar. No 12º game, os argentinos foram agressivos e conquistaram a quebra para a vitória.

Os brasileiros vinham de vitória sobre a dupla composta por Romain Arneodo de Mônaco e Antonio Sancic da Croácia, por dois sets a zero, com parciais de 7/6 e 6/3, em uma hora e 16 minutos em quadra.

O melhor do tênis mundial, você acompanha na VAVEL Brasil.

VAVEL Logo