Djokovic vence John Millman em três sets e vai às semifinais do US Open

Sérvio não precisou de drama para triunfar sobre a surpresa australiana

Djokovic vence John Millman em três sets e vai às semifinais do US Open
Foto: Divulgação/USTA
#6 Novak Djokovic
3 0
#55 John Millman

Pela décima primeira vez consecutiva, Novak Djokovic atinge as semifinais do US Open. Na madrugada desta quinta-feira (6), o sérvio passou por John Millman, da Austrália, com tranquilidade, em 2h52 de partida com parciais de 6/3, 6/4 e 6/4.

Apesar dos números, Djokovic se mostrou extremamente sólido e agressivo na partida, dominando os rallies e apresentando uma boa variação de profundidade, efeito e velocidade. Ao todo, ele marcou 30 winners (contra 24 de Millman) e 53 erros não forçados (contra 46 do australiano).

Em entrevista após a partida, o ex-número 1 mundial elogiou o seu adversário, destacando que ele já está há alguns anos no tour e sempre foi um bom tenista, lutando sempre por todos os pontos, além de ter feito o torneio de sua carreira, fazendo quartas no Slam e batendo Federer nas oitavas.

O sérvio também destacou seus problemas com o clima ao afirmar que nos dois primeiros sets estava tendo dificuldades para encaixar seu jogo, bem como seu oponente. Além disso, ele também contou o caso de sua conversa com Millman durante a partida, na qual o australiano pediu desculpas por ter de demorar dez minutos para trocar de roupa uma vez que ambos estavam suando bastante. Djokovic retrucou na ocasião, agradecendo pelo descanso.

Nas semis, Novak Djokovic enfrentará Kei Nishikori, do Japão, que eliminou o campeão de 2014, Marin Cilic, em cinco sets. No confronto direto, eles já jogaram 16 vezes, com 14-2 favoráveis ao sérvio. No US Open, duelaram apenas uma vez (2014), em que o japonês saiu triunfante. No último confronto, contudo, Djokovic venceu em quatro sets, em Wimbledon 2018.