Qualifier Bachinger derruba Nishikori e alcança final improvável em Metz
Foto: Divulgação/ATP

Qualifier Bachinger derruba Nishikori e alcança final improvável em Metz

Alemão, atual #166 do mundo, surpreendeu japonês cabeça de chave número um do torneio francês e avançou à decisão

vavel
Pedro Dayrell

Aos 31 anos, o alemão #166 Matthias Bachinger, alcançou à final do ATP 250 de Metz, sua primeira decisão na carreira. Neste sábado (22), Bachinger, que veio do qualifying round, derrubou o cabeça de chave número um, #12 Kei Nishikori, por dois sets a um, parciais de 2/6, 6/4 e 7/5.

Bachinger teve seu melhor ranking da carreira em agosto de 2011, quando alcançou o #85. O alemão começou o Moselle Open na posição #166, e já garantiu 31 postos com sua campanha de finalista. Se vencer, ficará em torno de #107.

+ Confira as ofertas de nosso parceiro Futfanatics

O primeiro set foi tranquilo para Nishikori, o diferencial sendo as quebras de saque no terceiro e quinto games da primeira parcial quando o japonês devolveu bem e quebrou Bachinger. Com isso, o japonês se soltou mais e jogou de forma mais agressiva aproveitando a vantagem obtida, sendo letal nos momentos importantes para vencer por 6/2, em 34 minutos.

Voltando mais agressivo, Bachinger mudou sua estratégia e começou a jogar com saques mais potentes no segundo set e conseguiu se impor diante do japonês. A maior potência do alemão falou mais alto para que ele jogasse mais com o seu saque e fizesse um segundo set brigado por 6/4, com três aces e 75% de acerto no primeiro saque e uma quebra cirúrgica ao seu favor, levando assim a partida ao empate em um set para cada lado em 40 minutos de embate.

O terceiro set foi favorável para Bachinger, o diferencial sendo a quebra de saque no 12º game da parcial quando o veterano alemão devolveu bem e quebrou Nishikori. Com isso, se aproveitou da vantagem obtida para fechar por 7/5, em 59 minutos, conseguindo a maior vitória de sua carreira.

Na final, o tenista natural de Munique de 31 anos terá um difícil duelo diante do francês #39 Gilles Simon, esperança local nesta final do torneio. Simon eliminou nas semis o #107 Radu Albot, com tranquilidade: 6/3 e 6/1.

VAVEL Logo

    Tênis Notícias

    há 2 horas
    há 5 horas
    há 5 horas
    há 6 horas
    há 6 horas
    há um dia
    há um dia
    há um dia
    há um dia
    há um dia
    há 2 dias