Bencic vence 12ª partida seguida,  derruba Pliskova e avança às semis em Indian Wells
Foto: Divulgação/BNP Paribas Open

Bencic vence 12ª partida seguida,  derruba Pliskova e avança às semis em Indian Wells

Vindo de título em Dubai, suíça mantém embalo e continua em busca do maior troféu de sua carreira

anaracheel
Ana Carneiro

A primeira partida de quartas de final da WTA desta quinta-feira (14) na Quadra 1 do BNP Parinas Open. Grandes amigas fora do circuito, #5 Karolina Pliskova e #23 Belinda Bencic se enfrentaram buscando uma vaga para as semifinais, e a suíça saiu vitoriosa ao bater a tcheca por 6/3, 4/6 e 6/3, em 2h18.

Marcando o primeiro encontro entre as jogadoras, a partida tinha tudo para pegar fogo - e foi exatamente o que aconteceu. Ambas as tenistas já têm título na temporada, mas é Bencic quem tem a melhor campanha: 12 vitórias seguidas, seis delas - contando com a em cima de Pliskova - em cima de jogadoras top 10.

A primeira parcial soou bem para a suíça de 22 anos. Salvou dois break points (game seis) e quebrou o serviço da rival nos games três e nove - quando Pliskova servia para se manter no set. Na parcial, Bencic venceu 78% dos pontos com o primeiro serviço e 50% com o segundo. Pliskova, que tem como maior arma o serviço, fechou com 69 e 36% respectivamente.

Bencic fez 14 winners e cometeu apenas seis erros não-forçados na parcial, Pliskova fechou com 10 winners e, forçando o jogo agressivo, 12 erros não-forçados.

Apesar da ótima vitória do primeiro set, Bencic voltou para a segunda parcial mostrando evidente desconforto com algo - possivelmente a sugestão que ouviu do coach e pai Ivan Bencic durante o changeover. Não demorou muito para que Pliskova abrisse 4/0 no placar.

Frustrada com o rumo que a parcial tomou, Bencic voltou a conversar o pai, dessa vez obtendo um bom resultado: venceu três games seguidos e logo ficou apenas uma quebra de desvantagem no set. E a única quebra foi bastante para que Pliskova pudesse fechar a parcial, no quinto set point que teve, igualando o marcador.

No segundo set a suíça ficou bem abaixo no número de winners em comparação ao ser de abertura: nove - contra o mesmo número de erros não-forçados. Pliskova, se elevou: 17 winners e 19 erros não-forçados disparados.

Na terceira e última parcial, a partida seguiu em nível altamente equilibrado. Bencic não enfrentou break point algum, mas também não soube converter nenhum dos cinco que teve inicialmente. Deixando tudo para o final, a suíça precisou de apenas um break point no oitavo game para conquistar a quebra. Em seguida, serviu para a partida e no primeiro match point que teve, fechou o jogo.

Bencic venceu 78% dos pontos com o primeiro serviço e 45% com o segundo, disparou sete aces e cometeu três dupla faltas; Pliskova venceu 67% dos pontos com o primeiro serviço, apenas 38% com o segundo, disparou também sete aces e cometeu quatro dupla faltas.

No quesito pontos ganhos, Bencic venceu 109, 38 deles com winners e 43 com erros ganhos de Pliskova. A tcheca marcou 93 pontos, 41 deles de winners e 23 ganhos com bolas erradas da suíça.

Pliskova agora segue para o WTA de Miami, onde busca vencer seu segundo título da temporada em piso rápido antes da temida temporada de terra batida começar. 

Bencic segue a todo vapor para a segunda semifinal seguida (terceira da temporada) no WTA Premier Mandatory de Indian Wells e busca uma vaga para a final contra a vencedora do confronto entre a #8 Angelique Kerber e a #36 Venus Williams.

VAVEL Logo