Diante de sua torcida, Rogers bate Rodina em Charleston no retorno às quadras após 13 meses
Foto: Divulgação/Volvo Car Open

Diante de sua torcida, Rogers bate Rodina em Charleston no retorno às quadras após 13 meses

Americana, que se afastou do esporte durante mais de um ano por conta de uma lesão no ligamento anterior, voltou a fazer mágica em quadras, e se emocionou muito após vitória segura

anaracheel
Ana Carneiro

O Volvo Car Stadium, quadra principal do WTA Premier de Charleston vivenciou na tarde desta segunda-feira (1º) o comeback da americana wildcard Shelby Rogers. Em sua primeira partida de volta, a tenista de 26 anos, natural da cidade, foi empurrada pelo público e venceu a russa #68 Evgeniya Rodina, com parciais de 6/4 e 6/3, em 1h10.

Ambas as parciais foram muito equilibradas - a primeira contou com cinco quebras de serviço, já a segunda com quatro - e a maior diferença vista no jogo foi a boa construção de pontos  paciência de Rogers. No primeiro set a americana sofreu duas quebras de serviço (games três e sete) e quebrou nos games dois, oito e dez. 

Na segunda parcial, Rogers sofreu uma quebra (game três) e quebrou o serviço da russa em três ocasiões (games dois, seis e oito). 

Ao todo, Rogers venceu 62 pontos de 102 (61%), nove deles vencidos consecutivamente. A americana disparou seis aces e cometeu metade de dupla faltas (três); Rodina zerou em aces e cometeu uma dupla falta.

A ex-número 48 do mundo se emocionou muito após o fim da partida. Rogers agradeceu muito o apoio da torcida e teve a companhia da sobrinha em quadra. A estadunidense, que ficou 13 meses fora das quadras por conta de uma lesão no joelho, afirmou ao fim da partida que 'não sabia que poderia sentir tantas emoções ao mesmo tempo'.

A americana, que já foi bem recebida por algumas de suas colegas de circuíto, avança no Volvo Car Open e enfrenta agora a finalista de 2017, a letã #31 Jelena Ostapenko, que venceu a #88 Johanna Larsson em sets diretos.

VAVEL Logo