Zverev vira contra Coric no US Open e alcança segunda semifinal de Major seguida
Foto: Divulgação/ATP

Apesar de ter perdido o primeiro set sem muita resistência, o #7 Alexander Zverev virou a partida contra o #32 Borna Coric nas quartas de final do US Open, nesta terça-feira (8). O alemão marcou parciais de 1/6, 7/6(6), 7/6(1) e 6/3 e garantiu pela primeira vez vaga na semifinal do torneio. Esta foi a partida mais longa, 3h24, que o alemão ficou durante esta edição do torneio.

Eu talvez comecei a jogar um pouco mais agressivo porque, se eu tivesse jogado do jeito que estava jogando, este não teria sido o nível de uma partida de quartas de final de Grand Slam. Eu precisei começar a jogar melhor e estive um pouco mais consistente depois também. Meu serviço melhorou e eu pensei 'eu estou com 6/1 4/2 abaixo, não tenho nada a perder'”, comentou Zverev em entrevista pós-jogo.

Com este resultado, o cabeça de chave cinco chegou a sua 42ª vitória em Majors e igualou seu melhor desempenho quando chegou entre os quatro finalistas, também nesta temporada, no Australian Open. O alemão vem fazendo um progresso contínuo no Grand Slam americano já que em 2017 parou na segunda rodada, em 2018 perdeu na terceira e, na temporada passada, parou nas oitavas de final.

Zverev começou a partida cometendo três duplas faltas em seu segundo game de serviço - apenas neste game ele cometeu mais duplas faltas do que em toda sua partida anterior contra Davidovich Fokina.

Cometendo mais do que o dobro de erros não-forçados que Coric, não demorou para o croata vencer com facilidade o primeiro set por 6/1 em 25 minutos. Sacando melhor nas parciais seguintes, Zverev salvou nove chances de ter seu serviço quebrado em 11 oportunidades que seu adversário criou.

Em busca de chegar à sua primeira final de Grand Slam, Zverev terá pela frente o vencedor entre o #27 Pablo Carreno Busta e o #17 Denis Shapovalov. O tenista alemão possui confronto direto positivo em relação aos dois possíveis adversários

VAVEL Logo