Schwartzman vence jogaço contra Aliassime e vai à final do ATP Colônia 2
Diego Schwartzman venceu Félix Auger-Aliassime no ATP Colônia 2 2020 (ATP/Divulgação)

Uma semifinal, não importa a competição ou a modalidade, tende a ser uma partida equilibrada. Para quem esperava competitividade, #22 Félix Auger-Aliassime e #9 Diego Schwartzman não decepcionaram. Em grande jogo, o argentino venceu a peleja por dois sets a um, parciais de 6/4, 5/7 e 6/4, nas semifinais do ATP 250 de Colônia 2, neste sábado (24).

O argentino, que salvou match point nas quartas de final, agora, busca o primeiro título em mais de um ano. O último caneco levantado por Schwartzman veio em agosto de 2019, no Los Cabos Open. 

Decisão precoce

Um set, pode, sim, ser decidido no primeiro game. Ao menos no cômputo geral, foi o que aconteceu. Aliasisme começou sacando e, logo de cara, teve o saque quebrado pelo argentino. O canadense não conseguiu reverter a vantagem no set, que acabou 6/4.

O período, por sinal, foi rápido - durou 40 minutos. Cinco games tiveram cinco pontos, e foi o máximo que o período viu de pontuação. 

Derradeiro deslize

Tudo levava a crer que o segundo set teria um roteiro semelhante ao do primeiro. Aliassime, novamente, perdeu um game no início do período (no caso, o terceiro) e ficou atrás na contagem. Havia, entretanto, uma diferença: a competitividade. O segundo e o quarto game já tiveram uma pontuação maior: sete pontos.

Tudo ia se encaminhando para a vitória de Schwartzman. Veio, então, o décimo game. Precisando apenas confirmar o serviço para vencer, o argentino foi brecado por Aliassime em sete pontos - que confirmou o momento seguinte. Para tentar levar o set para o tie-break, o número nove do mundo, novamente, falhou - e viu o canadense, vice-campeão em Colônia na semana passada, fechar a série em 7/5.

Instabilidade inicial

Nos três primeiros games, três quebras de serviço - o primeiro, com sete pontos; os demais, com cinco. Após o começo cheio de surpresas, Schwartzman vencia 2/1.

Até o oitavo game, os momentos da partida foram rápidos. No citado, foram nove pontos para que Schwartzman fizesse 5/3 - e dois break points salvos por ele. Para finalizar o jogo em 6/4, o argentino precisou de sete pontos - e, novamente, precisando salvar dois break points do canadense.

O que vem por aí

Na final do bett1HULKS Championship, Schwartzman enfrentará o alemão #7 Alexander Zverev, campeão na semana passada, que venceu nas semifinais o #46 Jannik Sinner​​​​​​​.

VAVEL Logo