Em equilibrado duelo sérvio, Djokovic vence Krajinovic em Viena 
Novak Djokovic venceu Filip Krajinovic no ATP de Viena 2020 (ATP/Divulgação)

A escola sérvia de tenistas é uma das mais renomadas atualmente. Os dois melhores ranqueados do país na ATP fizeram um equilibrado confronto na primeira fase do ATP 500 de Viena. Melhor para #1 Novak Djokovic.

Nole teve dificuldades, sobretudo no primeiro set, mas venceu #30 Filip Krajinovic. Ele segue em busca do título na capital austríaca, que não vem desde 2007.

Facilidade?

Não foi isso que Djokovic encontrou, apesar da diferença entre ele e o compatriota no ranking da ATP. Logo no primeiro game, Nole demorou 13 pontos para confirmar o serviço. Quando tudo parece estar tomando o rumo da normalidade (o serviço de Krajinovic foi quebrado no quarto momento do set), a resposta veio logo na sequência - e na mesma moeda.

Mais do que isso: no sétimo game, Djokovic, novamente, teve o serviço quebrado - e Krajinovic assumiu a dianteira do jogo: 4/3. A vantagem durou até o décimo game, quando Nole rejeitou o saque do compatriota. Em 6/6, os tenistas foram para o tie-break. E, lá, a experiência pesou: 8-6 para o número um do mundo.

Bobeadas

O segundo set não deixou de ter equilíbrio, mas teve Djokovic em melhor forma. Logo no terceiro game, ele assumiu a ponta do mercador ao quebrar o saque do adversário. No saque seguinte de Krajinovic, ele precisou de nove pontos para confirmar o serviço.

É bem verdade que o game seguinte sacado por Nole não teve facilidade: foram onze pontos para Djokovic confirmar o saque - mesmo montante do necessário para que Krajinovic não perdesse o contato com o rival. 

No nono game, decisivo, Krajinovic, mais uma vez, foi batido. Em novo momento com onze pontos, Djokovic fechou a partida em 6/3.

O que vem por aí

Nas oitavas de final do Erste Bank Open, Djokovic enfrentará o croata  #24 Borna Coric, que vem de vitória sobre o #29 Taylor Fritz em duplo 6/4.

VAVEL Logo