Federer supera Koepfer em longo jogo pela terceira rodada de Roland Garros
Foto: Divulgação/ATP

O #8 Roger Federer passou por grande aperto neste sábado (5) em partida contra o #59 Dominic Koepfer pela terceira rodada de Roland Garros. O suiço precisou de 3h40 de jogo para superar o oponente de virada por 3 sets a 1, com parciais de (5)6/7, 7/6(3), 7/6(4) e 7/5.

Com a vitória, Federer ampliou sua marca de aparições em quartas rodadas de Slams, para 68, o maior número de todos os tempos até o momento. Essa também é a 15ª vez que ele chega às oitavas em Roland Garros, torneio que venceu apenas uma vez, em 2009. Rafael Nadal divide com o suíço o recorde de Majors, com 20 para cada.

O saibro não é a superfície em que o ex-número um se sente mais confortável, já que a bola anda de modo mais lento, e o jogo rápido e de pressão é a sua grande marca. Isso ficou bastante evidente no duelo contra Koepfer, principalmente nas devoluções de saque. As quebras a favor até aconteceram em alguns momentos, mas com dificuldade, e quase sempre não deram vantagem pois o suíço foi muitas vezes quebrado em seguida.

Federer cometeu uma grande quantidade de erros não-forçados, que não deixaram que mantivesse a liderança nas parciais quando tinha a chance. Foram 63 erros para ele, contra 40 do oponente, um número que não é baixo também. Para a sorte do experiente tenista, as falhas do adversário vieram mais vezes nas horas decisivas, gerando 14 break points a seu favor, os quais ele aproveitou cinco.

O equilíbrio no confronto foi tão grande que três sets foram para o tie-break, e o quarto quase teve o mesmo caminho. A variação e precisão nos detalhes fez Federer levar a melhor em dois dos três momentos de desempate. Já na última etapa, ele conseguiu abrir quebra de frente com o placar em 5/5 e fechou a conta no game seguinte.

Aos 39 anos, Roger Federer terá o desafio de se recuperar da longa partida para entrar bem em quadra na próxima rodada. Seu próximo adversário será o #9 Matteo Berrettini, que avançou após derrotar o #91 Soonwoo Kwon por 3 a 0.

VAVEL Logo