Djokovic vira contra jovem Brooksby em longo jogo pelas oitavas do US Open
Foto: Divulgação/ATP

O #1 Novak Djokovic passou por mais um teste complicado no US Open 2021. Em busca do quarto Slam no ano, o líder da ATP começou mal e precisou de três horas de jogo para superar de virada o #99 Jenson Brooksby, jovem norte-americano de 20 anos, nesta segunda-feira (6).

A partida teve placar de 3 sets a 1, com parciais de 1/6, 6/3, 6/2 e 6/2. Essa foi a oitava vitória do sérvio de virada no ano, o que é um recorde na era aberta, que se iniciou em 1968. Ele tem agora 25 confrontos vencidos em seguida em Grand Slams, feito alcançado pela quarta vez na carreira; somente Steffi Graf também conseguiu isso entre homens e mulheres na Era Aberta.

O triunfo permitiu que Djokovic mais uma vez fizesse história, mas não veio de modo fácil. O desafiante dono da casa iniciou muito bem o jogo e logo o colocou contra a parede. Em meia-hora, o norte-americano venceu seis de sete games disputados e sai na frente do placar geral.

Número 1 do mundo, o favorito executou a virada na base da experiência, adaptou seu jogo e foi agressivo. Ele percebeu que sua sólida defesa na linha de base e transições firmes não seriam o suficiente neste dia. As bolas vencedoras foram o alvo então, que saíram em 44 oportunidades contra apenas 27 do oponente. Os erros também foram muitos, com 41 versus 28 do outro, mas os acertos prevaleceram do segundo set em diante.

A segunda parcial registrou alguns longos games, incluindo um de 19 minutos, e mais de uma hora de duração. Duas quebras aconteceram a favor de Djokovic naquela parcial e uma contra. Os dois sets seguintes também trouxeram vitória dupla para ele no saque do oponente e, dessa vez, sem resposta no seu serviço.

Na próxima rodada, Novak Djokovic irá encarar o #8 Matteo Berrettini. O italiano também despachou outra surpresa do torneio por 3 sets a 1 em sua partida pelas oitavas, o qualifier #144 Oscar Otte.

VAVEL Logo