Hsieh/Mertens batem Kudermetova/Rybakina e são campeãs em Indian Wells
Foto: Divulgação/WTA

Apesar de terem se juntado recentemente, Su-wei Hsieh e Elise Mertens são duas das melhores duplistas da última década. Campeãs em Wimbledon neste ano, elas venceram a decisão do WTA 1000 de Indian Wells neste sábado (16) batendo Veronika Kudermetova e Elena Rybakina na final, com parciais de 7/6(1) e 6/3.

As duas já tinham vencido Indian Wells em outras ocasiões - Hsieh Su-wei em 2014 ao lado de Peng Shuai e em 2018 com Strycová; Mertens em 2019 (atual campeã) ao lado de Sabalenka.

Cabeça 2 do torneio, elas conquistaram o segundo título em apenas oito disputados, confirmando de vez a vaga entre as protagonista do cenário de duplas da WTA, e candidatas em todos os torneios que disputarem.

A final disputada nesse sábado contra a russa Kudermetova e a cazaque Rybakina marcou um grande equilíbrio durante todo o primeiro set, sendo decidido somente no tiebreak. Após algumas trocas de quebras, a partida chegou empatada em 6-6, e a decisão no game desempate foi um verdadeiro passeio da dupla campeã.

Na volta, a partida seguia a mesma pegada, algumas trocas de breaks sem ninguém conseguir se descartar a ponto de abrir vantagem, mas os erros de Kudermetova e Rybakina, que atuaram juntas apenas pela terceira vez, começaram a aparecer. Com um jogo agressivo, a dupla Hsieh/Mertens conseguiram uma quebra importantíssima nos momentos decisivos do set, marcaram 5/3 no placar e com o serviço pra confirmar a vitória, a dupla garantiu o jogo e o título.

O título do BNP Paribas Open recoloca Hsieh na liderança do ranking mundial, enquanto Mertens é a quarta colocada. A taiwanesa venceu seu trigésimo troféu de duplas femininas na carreira, enquanto a belga chegou a 14.

VAVEL Logo