Hurkacz derruba Kyrgios e vai à decisão em Halle; Medvedev também avança
Foto: Mathias Schulz/Terra Wortmann Open

Em mais de duas horas de jogo, #12 Hubert Hurkacz e #65 Nick Kyrgios protagonizaram um dos grandes jogos da temporada de grama nas semifinais do ATP 500 de Halle. Neste sábado (18), o polonês anotou 2 sets a 1, de virada e com dois sets vencidos no desempate, com parciais 4/6, 7/6 e 7/6 sobre o australiano, que vinha sendo um dos destaques do circuito em 2022.

Em jogo que teve apenas uma quebra, a favor de Kyrgios no nono game da primeira parcial para vencer o set, o australiano teve 30 aces contra 27 do polonês vitorioso, e teve uma maior porcentagem de pontos vencidos quando jogou com o primeiro serviço, 81% contra 78% de Hurkacz, mas pecou nos momentos decisivos dos dois sets finais em que poderia ter finalizado o jogo, deixando escapar a vitória e uma vaga na final.

Número 1 em mais um final

Impossibilitado de jogar Wimbledon, o #1 Daniil Medvedev segue sua temporada na grama chegando a sua segunda final em dois torneios disputados. Após o vice em 's-Hertogenbosch na última semana, está agora na decisão na Alemanha e vai em busca deseu primeiro troféu em 2022 e o primeiro como líder do ranking, posto que alcançou no início dessa semana. ele chegou a final ao bater na semifinal o anfitrião #51 Oscar Otte,, uma das grandes surpresas do torneio, com parciais de 7/6 e 6/3.

Com início bem complicado, Medvedev encarava um Otte focado e com apoio maciço da torcida, o alemão sacou para fechar o set com 3/5 no placar, teve set point, mas teve a quebra devolvida pelo russo, que com 7/3 no tie break, venceu uma parcial em que pouco fez por merecer; Na segunda parte do jogo as coisas se inverteram, Medvedev passou a jogar mais a vontade com a vantagem no placar, e com um set de games curtos, aproveitou a única oportunidade de intervenção que teve, abriu vantagem e faturou o set e a partida.

A final

Medvedev e Hurkacz se enfrentarão pela segunda vez na temporada. Em março, no Masters 1000 de Miami, vitória do polonês por 2 a 0.

VAVEL Logo