Sesc-RJ vence Osasco no tie-break e segue perseguição ao líder Praia Clube na Superliga
Foto: João Pires / Fotojump

Sesc-RJ vence Osasco no tie-break e segue perseguição ao líder Praia Clube na Superliga

Mesmo com desfalques, equipe carioca bateu o time paulista e se manteve em segundo lugar na tabela

anaclarasoares
Ana Clara Soares
Nestlé Osasco Fabíola, Tandara, Mari Paraíba, Ângela Leyva, Nati Martins e Bia. Líbero – Tássia. Entraram: Kika, Paula Borgo, Carol Albuquerque, Bruna Neri. Técnico: Luizomar de Moura.
Sesc-RJ Roberta, Monique, Peña, Drussyla, Juciely e Vivian. Líbero – Fabi. Entrou: Kasiely. Técnico: Bernardinho.
Placar1-0, 25/23 || 1-1, 12/25 || 2-1, 25/20 || 2-2, 22/25 || 2-3, 16/14.
INCIDENCIASJogo válido pela 11ª rodada da Superliga Feminina 2017/18, disputado no ginásio José Liberatti.

O maior clássico do vôlei feminino brasileiro aconteceu nesta sexta-feira (8). Em partida válida pela 11ª rodada da Superliga Feminina 2017/18, o Nestlé Osasco recebeu o Sesc-RJ, no ginásio José Liberatti, em Osasco. A equipe comandada pelo técnico Bernardinho levou a melhor no duelo, vencendo por 3 sets a 2, com parciais de 25/23, 25/12, 25/20, 25/22 e 16/14.

Com a vitória, o time carioca permanece em segundo lugar na tabela, com 28 somados pontos somados, cinco a menos que o líder Praia Clube. O Nestlé Osasco também manteve a posição do início da rodada, terceiro lugar, com 22 pontos. 

O próximo jogo das equipes já será válido pelo segundo turno da competição. O Sesc-RJ receberá o Sesi- SP, no Ginásio Tijuca Tênis Clube, na terça-feira, dia 19, às 20h (de Brasília). No mesmo dia, porém, às 21h30, o Osasco jogará contra o Hinode Barueri, no Ginásio José Liberatti. 

Resumo da partida 

O Sesc Rio começou desconcentrado, com muitos erros no passe, e demorou para se encontrar em quadra. Quando a equipe carioca finalmente conseguiu equilibrar o confronto, as donas da casa administravam o período, fechando a parcial em 25 a 23.

 Já no segundo set o time carioca foi bem melhor. Enquanto o Osasco teve um apagão, o Rio dominou o período de ponta a ponta, obtendo a vitória por um elástico placar pouco comum entre equipes de alto nível técnico: 25 a 12. 

O terceiro período foi marcado pelo equilíbrio. As equipes mostravam-se mais concentrados e com mais volume de jogo. No entanto, chegando ao fim da parcial, Tandara, do Osasco, despontou. Foi a dona do set, fazendo dez pontos, inclusive, o ponto que fechou a parcial em 25 a 20 para as anfitriãs.

Na quarto set, o Osasco começou melhor, mas o Rio se recuperou. Monique, oposta do Rio, cresceu no set, fez sete pontos e ajudou a equipe carioca a fechar com 25 a 22. O set desempate começou bem complicado para o Rio, que saiu perdendo por 5 a 1. Entretanto, o time carioca conseguiu a recuperação e fechou o set em 16 a 14.

VAVEL Logo

Vôlei Notícias

há 20 dias
há um mês
há um mês
há um mês
há um mês
há um mês
há um mês
há um mês
há 3 meses
há 5 meses
há 5 meses