Após derrota, Camila Brait lamenta instabilidade da equipe: "Vem acontecendo algumas vezes"
Reprodução - Osasco/Audax

Após derrota, Camila Brait lamenta instabilidade da equipe: "Vem acontecendo algumas vezes"

Em jogo de altos e baixos, Osasco-Audax perdeu para o Minas e ficou de fora da final

felipesantos
Felipe Santos

No início da madrugada desse sábado (02) ocorreu a semifinal da Copa Brasil entre Osasco-Audax x Minas Tênis Clube no Ginásio Perinão em Gramado. A equipe paulista, atual campeã da competição perdeu para o time mineiro por 3/1 com parciais de 21/25, 25/17, 22/25 e 16/25.

O jogo teve altos e baixos, com Osasco ganhando facilmente o segundo set com uma grande diferença no placar, porém em vários momentos de instabilidade a equipe paulista, se deixou abater e errou em momentos  cruciais da partida. A líbero Camila Brait falou sobre o que vem ocorrendo com a equipe em momentos importantes:

"O primeiro set jogamos com quatro, cinto pontos na frente e deixamos virar. Isso vem acontecendo algumas vezes. Hoje a Carol Gattaz jogou muito bem e não conseguimos marca-lá. Contra a equipe do Minas sempre temos que sacar muito bem pro nosso jogo fluir."

Brait deixou claro que agora é voltar a focar na Superliga feminina de vôlei e que agora tem uma sequência importante pela frente:

"Agora é voltar a treinar pra continuação da Superliga, na sexta-feira temos um jogo importante contra o Barueri e precisamos pontuar."

Osasco-Audax, que na última rodada perdeu de 3/2 para a equipe do Sesi-Bauru, busca a sua reabilitação na competição. O time ocupa o quinto lugar com 25 pontos. 

VAVEL Logo