Com Evandro inspirado, Sada Cruzeiro bate Taubaté e retoma liderança da Surperliga
Foto: Reprodução/Sada Cruzeiro

Com Evandro inspirado, Sada Cruzeiro bate Taubaté e retoma liderança da Surperliga

Em partida equilibrada, o time mineiro superou os paulistas por 3 sets a 1

izabellefranca
Izabelle França

O Sada Cruzeiro fez o dever de casa, nesta quarta-feira (13). A equipe celeste venceu o Taubaté, por 3 sets a 1 (25/22, 16/25, 25/18 e 25/23), no ginásio do Riacho, em Contagem, em partida atrasada da 9ª rodada do returno. O duelo não aconteceu na data prevista em função da disputa do Sul-Americano de Clubes, no qual, os mineiros conquistaram o hexacampeonato.

Com a vitória, a Raposa soma 54 pontos - ultrapassou o Sessi- e reassume a liderança da Superliga Masculina. Já o time paulista permanece na terceira posição, com 44. 

O oposto Evandro foi o maior pontuador, com 21 pontos (17 de ataque, dois de saque e dois de bloqueio). Eleito em melhor em quadra, faturou o Troféu VivaVôlei.

Como foi?

A partida começou equilibrada. Isac cresceu para cima de Lucarelli e deixou tudo tudo igual (10/10). Os donos da casa conseguiram abrir dois pontos de vantagem com Evandro. O oposto virou na saída da rede e fez 13/11. Na reta final, o Cruzeiro contou com os erros dos taubateanos e venceram por 25/22.

No segundo set, Renan Dal Zotto colocou Leandro Vissotto no lugar de Abouba e os visitantes ficaram mais agressivos. A equipe cinco estrelas atacou para fora e o Taubaté ampliou para  6/9. Com boa passagem pelo saque, Vissotto ampliou: 8/14. Sendo mais efetivos, os paulistas encerram em 16/26.

Em bela pancada de Evandro em cima de Thales, a Raposa abriu 3/0. Após rally equilibrado, o camisa 8 encarou bloqueio e aumentou a diferença: 13/8. Na pipe, Rodriguinho soltou o braço em cima de Rapha, que defendeu. Lucarelli tentou aproveitar, mas parou no meio da rede. Logo, o time da casa venceu por 25/18.

O Taubaté voltou melhor para o quarto set. Com ace de Rapha, o visitante fica com dois ponto à frente: 8/10. Cachopa sacou flutuante e empatou para o Cruzeiro (18/18). Douglas Souza atacou para fora e ajudou o adversário:  19/18. Evandro cresceu na reta final, que terminou com o triunfo estrelado em 25/23.

VAVEL Logo