É campeão! Taubaté derrota Sesi-SP e conquista título inédito da Superliga
Conte foi um dos destaques do quinto jogo, que deu o título ao Taubaté (Foto: Renato Antunes/Maxx Sports Brasil/Taubaté)

É campeão! Taubaté derrota Sesi-SP e conquista título inédito da Superliga

Taubateanos fizeram 3 a 1 no time da capital e levantaram o troféu pela primeira vez em sua história

juliana
Juliana Cristina

O Taubaté é campeão da Superliga Masculina 2018/19. Depois de cinco jogos, a equipe de Renan Dal Zotto conquistou o título inédito em cima do Sesi-SP, por 3 sets a 1, com parciais de 21/25, 22/25, 25/21 e 20/25 neste sábado (11), na Arena Suzano.

Na fase classificatória, o Taubaté terminou em terceiro lugar, com 47 pontos. No mata-mata, o time passou pelo Campinas nas quartas e pelo Cruzeiro nas semifinais.

Premiações

O oposto do time azul Leandro Vissotto foi eleito o melhor jogador da partida. O treinador do vice-campeão, Rubinho, ganhou o troféu de melhor treinador. William, do Sesi-SP, ficou com o de melhor levantador. Lucarelli e Lucas Lóh foram eleitos os melhores ponteiros da Superliga. Lucão e Éder receberam os prêmios de melhores centrais. Thales, do Taubaté, foi eleito o melhor líbero. Por fim, Alan, da equipe vermelha, conquistou o prêmio de melhor oposto.

O posto de craque da galera ficou com o levantador Rapha. O ponteiro Lucarelli levou o prêmio de melhor jogador da temporada.

Resumo da partida

A final começou equilibrada: 4/4. No contra-ataque, Vissotto pontuou: 14/13. As equipes trocavam pontos: 17/17. O Taubaté abriu dois ao parar Lipe no bloqueio: 21/19, o que fez Rubinho pedir tempo.

Na sequência, Lucas Lóh tentou uma pipe e também foi parado: 22/19, e o treinador do Sesi-SP parou o jogo novamente. No ace de Vissotto, o time de Renan Dal Zotto chegou ao set point: 24/20. No ataque de Lucarelli, o Taubaté fechou a etapa em 25 a 21.

A segunda parcial teve início bem disputado: 6/6. Após um bloqueio em cima de Otávio, o Sesi-SP conseguiu dois pontos de vantagem: 9/7. No entanto, com Conte, a equipe azul empatou: 11/11.

O placar continuava apertado: 17/17. Porém, mais uma vez com o argentino Conte, que fazia bela partida, o Taubaté pontuou e abriu dois: 19/17. Novamente com o ponteiro, os comandados de Renan Dal Zotto conquistaram boa vantagem: 21/18. 

Mas o Sesi-SP reagiu. No ponto de Renato, o marcador estava empatado: 21/21. No entanto, o time azul voltou a ter o controle do jogo após bloquear Gustavão e conseguir o set point: 24/22. No contra-ataque, Vissotto deu números finais à etapa: 25 a 22.

Foto: Renato Antunes/Maxx Sports Brasil/Taubaté)
Foto: Renato Antunes/Maxx Sports Brasil/Taubaté)

O início do terceiro set foi como os anteriores: equilibrado. Na pipe, Lucarelli deixou tudo igual: 6/6. Após um toque na rede de Lucão, o Sesi-SP conseguiu dois de vantagem: 16/14, o que fez com que Renan, muito irritado, pedisse tempo.

Depois de um longo rally, Renato pontuou no momento decisivo da parcial: 19/17. A equipe vermelha ficou mais perto da vitória na etapa após um erro de Otávio: 22/19. De largadinha, Lucas Lóh confirmou a vitória do time da capital: 25 a 21.

No começo do quarto set, Lucarelli pontuou e abriu dois para o Taubaté: 4/2. Na sequência, Alan foi bloqueado: 5/2. Porém, o Sesi-SP empatou com o oposto: 5/5.

A etapa continuava bem disputada: 12/12. Mas a equipe azul engatou ótima sequência: 19/15. Com uma bola fora de Lucas Lóh, o Taubaté ficou a um ponto do título: 24/20. Na sequência, Lucarelli deu fim ao jogo: 25 a 20. O Taubaté é o campeão da Superliga Masculina 2018/19.

VAVEL Logo