Estados
Unidos superam Brasil na final do vôlei feminino e conquistam inédita medalha de ouro
em Tokyo 2020
Foto: Divulgação/Jogos Olímpicos

Após ficar no quase em 2008, em Pequim, e 2012, em Londres, justamente em duas finais contra o Brasil, os Estados Unidos celebraram, dessa vez, a conquista da medalha de ouro no vôlei feminino neste domingo (8), no terceiro encontro diante das brasileiras em final de Jogos Olímpicos.

Com desempenho impecável, as americanas venceram o time brasileiro por 3 sets a 0 (21/25, 20/25 e 14/25) e se despediram de Tokyo 2020 no lugar mais alto do pódio, na Ariake Arena. Além disso, deixaram para trás o retrospecto negativo. Ou seja, momento de dupla comemoração para elas.

O jogo

Em ritmo intenso, os Estados Unidos já mostraram o que queriam desde o início e preocuparam o técnico José Roberto Guimarães quando abriram 4 pontos a 0 no começo do 1º set. O Brasil demorou a entrar no jogo e não conseguiu impedir a derrota por 25 a 21.

Tanto no 2º quanto no 3º set, as americanas não sossegaram e continuaram com a postura agressiva na quadra. Para isso, contaram com Andrea Drews, Michelle Bartsch-Hackley e Jordan Larson, que marcaram, respectivamente, 15, 14 e 12 pontos, inspiradas para decidir o confronto.

O Brasil, por outro lado, demonstrava dificuldades e sem saber o que fazer para parar o ímpeto das americanas. Isso ficou mais evidente quando perdeu o último set por 25 a 14. Mesmo com a tristeza pela derrota, as atletas estavam emocionadas por fazer uma ótima participação nos Jogos e de participar em mais uma final. Sendo assim, saíram de cabeça erguida.

Como ficou o pódio?

Ouro: Estados Unidos

Prata: Brasil

Bronze: Sérvia

VAVEL Logo