Em 'revanche' da Liga Mundial, Brasil bate França na estreia da Copa dos Campeões de Vôlei

Seleção de Renan Dal Zotto tem atuação impecável e supera atual campeã da Liga Mundial em sets diretos; próximo compromisso é contra a Itália

Em 'revanche' da Liga Mundial, Brasil bate França na estreia da Copa dos Campeões de Vôlei
Foto: Divulgação/FIVB
Brasil
3 0
França
Brasil: Bruno, Walace, Maurício Souza, Maurício Borges, Lucão, Lucarelli. Líbero: Tiago Brendle. Técnico: Renan Dal Zotto.
França: Clevenot, Toniutti, Lyneel, Boyer, Le Goff, Chinenyeze. Líbero: Kevin Tillie. Técnico: Laurent Tillie.
ÁRBITRO: Jiang Liu (CHN).
INCIDENCIAS: Partida válida pela primeira rodada da Copa dos Campeões de Vôlei Masculino, realizada em Nagoya, Japão.

A Seleção Masculina de Vôlei começou com o pé direito a sua busca pelo pentacampeonato da Copa dos Campeões. Na madrugada desta terça-feira (12), em Nagoya, no Japão, os comandados de Renan Dal Zotto deram um show em quadra e bateram a França por 3 sets a 0, parciais de 27/25, 27/25 e 25/22.

Com atuação inspirada do ponteiro Lucarelli, maior pontuador da partida (15), a Seleção Brasileira não deu chances para a equipe de Laurent Tillie e conseguiu a sua 'revanche particular'. O último encontro entre as duas seleções havia sido no dia 8 de julho, valendo o título da Liga Mundial. Na ocasião, os franceses levaram a melhor e venceram por 3 sets a 2.

O próximo compromisso verde e amarelo será as 00h40 desta quarta-feira (13), contra a Itália.

Resumo da partida

(Foto: Divulgação/FIVB)

Com contornos de grande duelo da competição, Brasil e França protagonizaram um primeiro set muito equilibrado, de alto nível técnico e emoção até o final. Liderando o placar por pequena margem durante boa parte da parcial, a seleção verde e amarela titubeou na reta final e viu sua adversária reagir, igualando o set em 24. Com muito sangue frio, a equipe brasileira abriu 26/25 e contou com um erro francês para fechar o set em 27/25.

A vitória no primeiro set embalou a Seleção Brasileira, levando a equipe de Renan Dal Zotto à uma bela atuação durante a primeira metade da segunda parcial. Com boa vantagem no marcador, um novo triunfo parecia se encaminhar de forma tranquila. Mas não foi assim. Sacando bem, os franceses reagiram e viraram o placar para 20/19, obrigando o treinador brasileiro a pedir tempo. Apesar do momento instável, o time brasileiro novamente mostrou maturidade e buscou a virada, fechando em mais um 27/25.

O terceiro set se desenvolveu ao gosto da Seleção Brasileira. Apesar de sair atrás no marcador, a equipe canarinha emplacou uma boa sequência de pontos através de Lucão e abriu vantagem confortável. Afobada e errática, a Seleção Francesa parecia batida em quadra. Quando o placar apontava 20/14 para o Brasil, todavia, os franceses esboçaram uma reação, encaixando bons saques. Apesar disso, a experiência brasileira pesou, e a vitória no derradeiro set veio: 25/22.

Estatísticas da partida (BRA x FRA)

  • Pontos de ataque: 43 x 42
  • Pontos de saque: 2 x 8
  • Pontos de bloqueio: 11 x 8
  • Erros do adversário: 23 x 14