Melhor em quadra na vitória sobre o Minas, ponteira Amanda destaca força do grupo do Praia Clube

Ponteira fez 17 pontos e teve 75% de aproveitamento na recepção contra o time da Rua da Bahia, nessa terça (14)

Melhor em quadra na vitória sobre o Minas, ponteira Amanda destaca força do grupo do Praia Clube
Amanda levou o Troféu Viva Vôlei (Foto: Isabelly Morais/VAVEL Brasil)

Em sua primeira temporada no Praia Clube, a ponteira Amanda tem feito parte da ótima campanha da equipe de Uberlândia no começo da Superliga Feminina 2017/2018. O time mineiro disputou até então sete partidas e não perdeu uma parcial sequer. A vítima da vez foi o Camponesa/Minas, adversário batido pelo time de Paulo Coco nessa terça (14), fora de casa, em duelo no qual Amanda foi eleita a melhor em quadra. Por voto popular, a atleta levou o troféu Viva Vôlei.

+ Em clássico mineiro, Praia Clube vence Camponesa/Minas e segue sem perder sets na Superliga

Apesar do prêmio particular, a ponteira dividiu os méritos com a toda a equipe. "O 'Viva Vôlei' foi escolhido pelo público, mas é para todo mundo. Jogamos contra uma equipe que tem jogadoras espetaculares, difíceis de serem marcadas. Independente de quem ganhe o prêmio, a gente busca a vitória. Independente do placar, dos sets, a gente busca saber da consistência que estamos criando, do que a comissão técnica passa para a gente. O foco é total para que a cada jogo a gente mate um leão por dia", afirmou.

Com a invencibilidade, o Praia é o líder da Superliga Feminina ao somar 21 pontos em 21 disputados. Logo atrás, vem o atual campeão do torneio, Sesc RJ, que conquistou 20 e ainda não perdeu também. Apesar do começo animador do time Uberlândia, foi finalizada apenas a sétima de 22 rodadas na etapa classificatória da competição, o que faz com que o Praia tenha foco para manter a boa pegada.

"Temos muito pé no chão. São sete vitórias, mas sempre queremos dar nosso melhor. O jogo de hoje acabou, mas já estamos pensando no Sesi. Sabemos que será outra batalha. Temos que ter respeito pelo trabalho que está sendo feito do outro lado e fazer de tudo para conquistar o maior numero de vitórias. O campeonato é longo, esse início significa muito, mas também não significa nada", disse.

Como citou a ponteira, o próximo adversário do Praia Clube é o Sesi, em jogo que acontece na próxima sexta (17), às 17h. O time paulista vive uma situação totalmente oposta à das mineiras, uma vez que é a única equipe que não conseguiu vencer um jogo sequer na competição até agora e é a lanterna da Superliga. 

"É um trabalho que é muito bem feito (Sesi), são jogadores mais novas, mas que também suam e trabalham duro. O que importa é entrar na quadra e fazer nosso melhor. É outra história e temos que virar a página", completou Amanda.

Amanda marcou 17 pontos contra o Minas (Foto: Orlando Bento/MTC)