Cruzeiro vence Vôlei/Renata na Copa Brasil de vôlei e chega à semifinal da competição

Time mineiro bateu a equipe paulista por 3 sets a 2 em seu retorno ao Riachão e agora enfrentará o Sesc-RJ

Cruzeiro vence Vôlei/Renata na Copa Brasil de vôlei e chega à semifinal da competição
Foto: Renato Araújo/Sada Cruzeiro
Sada Cruzeiro
3 2
Vôlei/Renata

O Sada Cruzeiro deu um passo importante na Copa Brasil de vôlei nessa terça (9). A equipe venceu o Vôlei/Renata por 3 sets a 2 (parciais de 25/15, 24/26, 21/25, 25/22 e 15/9) e avançou para a semifinal do torneio em duelo que marcou o retorno do time mineiro ao ginásio do Riacho. A Raposa não atuava em casa há mais de 70 dias e viu seus domínios com cerca de 1.700 torcedores presentes.

Classificado, o Cruzeiro vai enfrentar agora o Sesc-RJ, que venceu o Corinthians/Guarulhos, de São Paulo, também nessa terça. A última participação do time mineiro na Copa Brasil terminou justamente na semifinal. Na edição de 2016, a Raposa caiu para o Sesi-SP na etapa, sendo a primeira derrota do clube mineiro nesse ano. 

Os jogos da fase semifinal acontecem no dia 25 de janeiro, ao passo que a decisão está marcado para dia 27. Além de Cruzeiro e Sesc-RJ, o Taubaté passou pelo Minas Tênis Clube e avançou. As três equipes vão se juntar ao Sesi-SP, já garantido na fase por ser anfitrião da etapa final da Copa Brasil de 2017.

Cruzeiro oscila, mas garante vitória e classificação em casa

No Riachão, o primeiro set teve ampla vantagem do time da casa. Com força no saque, principalmente, o Cruzeiro dificultou a recepção paulista e venceu a parcial por 25 a 15. No set seguinte, foi a vez do Vôlei/Renata se acertar em quadra para levar a etapa por 26 a 24 e empatar o duelo em 1 a 1.

O bom momento do time paulista continuou. No terceiro set, a equipe se manteve firme em quadra e fez 25 a 21 para cima dos mineiros, que ouviram sua torcida pedindo "raça" ao grupo dentro das quatro linhas. Na tentativa de evitar uma eliminação em casa, os mineiros conseguiram uma sobrevida no jogo ao levar a  parcial por 25 a 22.

No último e decisivo set, o Cruzeiro não decepcionou o seu torcedor. Depois de abrir 6 a 3 e chegar a uma diferença de três pontos, o time mineiro ampliou a vantagem e fechou o tie-break por 15 a 9. Com o placar de 3 a 2, o time de Marcelo Méndez chegou à semifinal.