Resultado Portugal x França na Final do Euro (1-0)

Resultado Portugal x França na Final do Euro (1-0)
Portugal
1 0
França
Portugal: Rui Parício; Cédric, Pepe, Fonte, Raphael Guerreiro; William, Adrien (Moutinho, 66'), João Mário, Renato Sanches (Éder, 79'); Nani e Cristiano Ronaldo (Quaresma, 25').
França: Lloris; Sagna, Koscielny, Umtiti, Evra; Sissoko, Pogba, Matuidi, Payet (Coman, 58'); Griezmann e Giroud (Gignac, 78').
Placar: Amarelados: Cédric, 35'; João Mário, 62'; Umtiti, 80'; Raphael Guerreiro, 96'; Matuidi, 97'; William Carvalho, 98'; Koscienly, 107'; Pogba, 115'.
ÁRBITRO: Mark Clattenburg, Inglaterra
INCIDENCIAS: Final do Euro 2016, Stade de France, Saint-Denis

A VAVEL Portugal despede-se com Portugal Campeão da Europa: Depois dos empates lusitanos, a desconfiança e as críticas daqueles que mais tarde haveriam de se calar, chegou depois o golo de Quaresma à Croácia que nos levou aos penálties emocionantes que eliminaram a Polónia. O voo de Cristiano Ronaldo levou-nos diretamente para Paris, e nem mesmo a lesão do capitão lusitano impediu Portugal de suar, lutar, acreditar e marcar o golo decisivo contra todas as expetativas. O tiro certeiro de Éder simboliza o trabalho de toda uma nação que é preserverante e acredita nas suas capacidades. VIVA PORTUGAL! A Europa é de todos nós!

FIM DA PARTIDA! PORTUGAL É CAMPEÃO DA EUROPA PELA PRIMEIRA VEZ!

120+2'. França em fora de jogo. Portugal está perto de fazer História! 

2 minutos de compensação neste prolongamento.

120'. Éder encontra Quaresma solto na área, mas Sagna impede que o Harry Potter amplie a vantagem lusitana.

118'. A França aperta o cerco e neste momento são 11 milhões de portugueses a sofrer para que Patrício mantenha a sua baliza a zeros.

117'. Raphael Guerreiro ficou caído no relvado com cãibras. O jogo está temporariamente parado.

116'. Nani está em excelência. Cruzou para a área mas viu a bola a ser afastada.

115'. Cartão amarelo para Pogba. 

110'. Que golo fenomenal de Éder! O avançado luso ganhou posição de forma extraordinária e finalizou com raiva, com um remate verdadeiramente potente que apenas acabou nas redes de Lloris, que não teve hipótese de defesa. Portugal está perto de fazer História e conquistar o Europeu!

109'. GOLOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO DE PORTUGAL!!!!!!!!!!! ÉDER!!!!!!

107'. Livre perigosíssimo para Portugal: Raphael Guerreiro bate a bola parada, mas o poste não esteve do lado dos portugueses. 

107'. Cartão amarelo pars Koscienly. 

106'. Fica por mostrar o 2º cartão amarelo a Matuidi (terá sido falta de vontade do árbitro?).

Recomeça o prolongamento.

Final da 1ª parte do prolongamento.

105'. No contra-ataque João Mário impediu que Griezmann cavalgasse até à baliza de Patrício.

104'. ÉDER FICOU A CENTÍMETROS DO GOLO! Que perigo!

101'. O prolongamento tem sido equilibrado, sendo de realçar a alma lusa na forma como, perante um ambiente adverso, e sem Cristiano Ronaldo, tem conseguido contrariar as investidas francesas.

100'. Giezmann para bater o canto, mas João Mário resolve com um corte fantástico. 

98'. Cartão amarelo para William Carvalho.

97'. Mais uma falta para Éder, que tem sido uma unidade muito importante para que Portugal possa ganhar espaço no ataque. 

97'. Cartão amarelo para Matuidi.

96'. Cartão amarelo para Raphael Guerreiro. 

94'. Livre perigoso para Portugal: Quaresma bate com força, mas Pepe remata em posição irregular. Fica o registo para uma tentativa audaz de Portugal chegar ao golo.

Começa a 1ª parte do prolongamento.

O árbitro apita para o final da partida. Vai jogar-se o prolongamento!

90'+2. Quase golo da França. Gignac fez um trabalho de excelência ao tirar Pepe do caminho, mas os deuses acompanharam Portugal e levaram o esférico até ao poste.

Vão jogar-se 3 minutos de compensação.

90'. Gignac tenta visar as redes de Patrício, mas o incansável herói do mar segura o esférico como um verrdadeiro guerreiro. 

88'. A minoria portuguesa no Stade de France faz-se ouvir, com a "Portuguesa" a ser a banda sonora dos últimos instantes do jogo.

84'. QUE HERÓI TEM SIDO PATRÍCIO! NADA PASSA POR ELE! Sissoko voltou a fintar a defesa lusa, mas o muro Rui Patrício mostrou estar à altura dos acontecimentos com uma parada fenomenal. 

81'. Grande tiro de Nani, mas a trajetória não foi a melhor.

80'. Cartão amarelo para Umtiti. 

80'. Grande lance de Nani! Que perigo! O português tentou o golo, o guardião francês defendeu e a bola sobrou para Quaresma, que por pouco não marcou com um fantástico pontapé de bicicleta!

79'. Fernando Santos leu bem o jogo e colocou em campo Éder, para poder oferecer presença firme na frente de ataque. 

79'. Substituição em Portugal: Sai Renato Sanches, entra Éder.

78'. Substituição na França: Sai Giroud, entra Gignac. 

75'. RUI PATRÍCIO HERÓI: o guarda-redes das quinas evita mais uma vez um golo quase certo dos franceses

72'. Griezmann voltou a fazer das suas, mas William Carvalho impediu que os gauleses conseguissem criar uma situação de golo. 

70'. Nani está muito sozinho na frente de ataque e precisa urgentemente de uma unidade com estatura física para o auxiliar na hora de visar as redes de Lloris.

67'. Mais um tiro francês: Coman remata sem perigo para Patrício. 

66'. Substituição em Portugal: Sai Adrien, entra João Moutinho.

66'. Esteve tão perto Griezmann! O avançado francês encarou Patrício, mas na hora de furar a rede o gaulês falhou por milagre.

63'. Canto para a França: Griezmann converteu mas João Mário afasta o esférico.

62'. Cartão amarelo para João Mário. 

58'. Substituição na França: Sai Payet, entra Coman.

57'. Registo ainda mais evidente para a postura audaz que Portugal adotou nesta 2ª etapa, que tem obrigado a França a descer as suas linhas com muito mais frequência do que se verificou na 1ª parte.

57'. Na cobrança do canto os lusos desperdiçaram uma boa chance para criar calafrios aos gauleses.

56'. João Mário cruza, mas o defesa francês impediu que Nani chegasse ao lance.

54'. Pogba remata, mas este desporto não é claramente rugby, e o esférico foi para as nuvens.

52'. Canto para a França: Griezmann cobrou e Rui Patrício subiu aos céus de forma corajosa. A bola ainda lhe escapou mas o guardião conseguiu defender com preserverança.

49'. Portugal regressou dos balneários com garra e subiu as linhas, por forma a tentar surpreender a equipa da casa. Os laterais Raphael e Cédric estão a subir mais no terreno, sendo que a equipa gaulesa entrou um pouco na expetativa.

Recomeça a partida.

Em termos de oportunidades de golo, Sissoko e Griezmann obrigaram Patrício a defesas soberbas, e do lado luso registo apenas para algumas iniciativas de Raphael Guerreiro, João Mário e José Fonte, que ainda assim ficaram um pouco longe da finalização.

20:55. O resultado ao intervalo da grande final do Euro 2016 regista uma igualdade a 0, mas o lance que realmente marca os primeiros 45 minutos do duelo diz respeito à lesão de Cristiano Ronaldo, que nos primeiros instantes sofreu uma entrada maldosa de Payet. O capitão luso chorou, tentou recuperar, mas a braçadeira acabou no chão. Há imagem do que aconteceu há 12 anos atrás, CR7  voltou a soltar lágrimas, mas desta vez de revolta. O Harry Potter Quaresma entrou para o seu lugar e a ambição mantém-se. 

45'+2. Grande lance de Raphael Guerreiro, que deixa o esférico para João Mário, com o jogador do Sporting a executar um cruzamento fantástico, faltando, no entanto, a finalização de Nani.

Vão jogar-se 2 minutos de compensação.

42'. A poucos instantes do intervalo, destaque para a postura um pouco mais audaz da seleção nacional na forma como tem conseguido estender o seu jogo nos últimos 10 minutos do 1º tempo. Para tal, as movimentações de João Mário e Renato têm sido fundamentais, mas falta claramente uma unidade firme que possa lutar com os centrais franceses para poder criar perigo.

42'. Canto para Portugal. Quaresma bateu, mas o reduto gaulês resolveu sem problemas.

39'. Grande cruzamento de Payet na contra-ofensiva, mas Rui Patrício mostrou mais uma vez que está seguro.

39'. Canto Para Portugal. João Mário bateu, mas José Fonte cabeceou por cima da trave.

38'. Raphael Guerreiro rema contra a maré e remata em boa posição, mas a bola não teve a direção desejada.

37'. A posse de bola francesa é demolidora neste momento, e Portugal precisa claramente do intervalo para que Fernando Santos possa reajustar algumas marcações e recuperar a equipa animicamente depois da saída de Cristiano Ronaldo.

35'. Cartão amarelo para Cédric. 

34'. Novamente Sissoko a provocar o caus na defesa lusitana, mas Patrício nega o golo quase certo do gaulês.

33'. Com a saída de Cristiano Ronaldo, Portugal perdeu uma referência na área contrária, mas como por vezes é nas fraquezas que se encontram as virtudes, os lusos necessitam de aproveitar as 4 unidades móveis que têem na frente de ataque, para poder surpreender Lloris. 

30'. Sissoko volta a ser um quebra-cabeças na defesa lusa, mas a equipa das quinas conseguiu resolver com alguma dificuldade. Raphael Guerreiro está a ter dificuldades em bloquear o velocista francês.

27'. Cruzamento de Cedric na direita, mas Lloris antecipou-se e agarrou a bola tranquilamente.

25'. Substituição em Portugal: Sai Cristiano Ronaldo, entra Ricardo Quaresma.

24'. Cristiano sai do relvado de maca com o rosto em lágrimas. Os portugueses aplaudem o capitão.

23'. Adrien remata ao lado e logo a seguir Criwstiano deita a braçadeira ao chão e pede substituição.

23'. Payet bate o canto mas Patrício segura o esférico.

22'. Remate transviado de Sissoko, depois de uma cavalgada que deixou para trás dois portugueses.

20'. O capitão português regressa ao relvado, mas ao que tudo indica não estará na plenitude dos seus recursos.

19'. Cristiano Ronaldo está a ser assistido fora das 4 linhas e quer continuar a jogar, mas a recuperação não será fácil.

17'. Cristiano Ronaldo está completamente inconsolável e as lágrimas de CR7 são sentidas por 11 milhões de portugueses - o craque luso não poderá continuar em campo devido à lesão contraída no lance com Payet.

13'. A equipa lusa parece estar a acusar o nervosismo da partida, mas a França também não tem conseguido criar muitas situações para concretizar.

11'. Cristiano está de novo nas 4 linhas, mas parece não estar nas melhores condições físicas.

10'. Canto para a França. Payet bate e nas alturas Giroud obriga Patrício a mais uma defesa segura. 

10'. INCRÍVEL: Rui Patrício defende de forma extraordinária um remate forte e colocado de Griezmann.

9'. Ronaldo sofreu entrada dura de Payet e está a ser assistido, mas não parece ser grave.

6'. Remate disparatado de Sissoko para as nuvens.

4'. Primeiro lance de perigo de Portugal: Cédric encontra Nani solto na frente e o jogador português ficou muito perto de inaugurar o marcador com um remate por cima.

4'. A equipa lusa apresenta algumas dificuldades em sair para o contra-ataque, e em contrapartida a França tenta incomodar Patrício ao máximo.

2'. Tal como esperado, a França assume as rédias da posse de bola, mas no primeiro ataque de Payet, Renato Sanches corta de forma extraordinária.

Rola a bola da Final do Euro! Sai de Portugal!

19:57. Começa agora a "Marselhesa". 

19:56. O momento é extremamente emotivo: a "Portuguesa" começou a soar em Paris e é aúdivel a ambição de cada português a cada verso do hino nacional.

19:55. As equipas sobem ao relvado em definitivo. A bola está prestes a rolar! Chegou a hora de todas as decisões.

19:51. Começa a música oficial do Euro, "This one's for you", com David Guetta e Zara Larsson!

19:50. Vê-se a palavra "Merci" escrita no relvado, com pessoas a fazer as letras. 

19:49. David Guetta já está no relvado!

19:45. Em contagem decrescente para a apaixonante final, relevo para a cerimónia de encerramento que antecede o jogo.

19:40. As equipas recolhem ao balneário. 

19:30. A atmosfera no Stade de France está ao rubro, e apesar de estarmos em evidente minoria destaque para o pedido efusivo de Cristiano Ronaldo para que os adeptos presentes nas bancadas apoiem o coletivo luso desde o primeiro minuto. 

19:10. As nações lusa e gaulesa saltam agora para os habituais exercicios de aquecimento. Os nervos já estão à flor da pele.

18:55. O 11 luso é sem dúvida o esperado, sendo de realçar os regressos anunciados pela VAVEL de Pepe e William. É de realçar que Fernando Santos não teve receio e apostou em Cédric e Raphael, 2 laterais irreverentes e com muita qualidade. Pepe e Fonte compõem a dupla experiente no eixo central e, claro, Patrício estará entre os postes como uma fortaleza. No miolo, os leões William, Adrien e João Mário serão os felinos da final, e Renato será o selvagem das rastas que promete ser um apoio fundamental para os goleadores Nani e Cristiano.

Onze oficial de França: Lloris, Sagna, Koscielny, Umtiti, Evra; Sissoko, Pogba, Matuidi, Payet; Griezmann e Giroud. 

Onze oficial de Portugal: Rui Parício; Cédric, Pepe, Fonte, Raphael Guerreiro; William, Adrien, João Mário, Renato Sanches; Nani e Cristiano Ronaldo.

Já temos os onzes oficiais para o duelo de todos os sonhos lusos!

18:40. As estrelas Cristiano e Griezmann são os cabeça de cartaz do mega espetáculo da final do Euro, sendo interessante analisar que nos derbies de Madrid os craques já estiveram frente a frente por 15 vezes, com 7 vitórias para cada um e um empate. No Euro, Griezmann leva já 6 tentos na prova, mas o 3 golos de Cristiano e a tarimba do luso nas grandes finais podem ser um trunfo para os lusitanos. Ambos têm um instinto feroz pelo golo, mas Cristiano voa como um verdadeiro símbolo do futebol mundial, enquanto Griezmann apenas na última época comecou a dar o salto para voos de um verdadeiro craque. Por Portugal, Cristiano jogou 132 jogos e marcou 61 golos, pela França Griezmann vestiu a camisola por 33 vezes e festejou 13 tentos. Quem fará a diferença na mega final de Paris?

Pepe já está apto para entrar em campo com os companheiros de equipa // Foto:
Pepe já está apto para entrar em campo com os companheiros de equipa // Foto: Facebook Seleções de Portugal

18:35. Os regressos de Pepe e William são óptimas notícias para Fernando Santos, sendo esperado que ambos entrem nas 4 linhas para disputarem a final. De resto, o seleccionador luso deverá apostar na mesma equipa que eliminou o País de Gales. No miolo Adrien tem sido o polícia que persegue as estrelas do meio campo adversário, e nesta final espera-se que o número 23 trave Pogba. Renato e João Mário serão 2 apoios de luxo para que Nani e Cristiano possam faturar os golos da glória lusitana. Até agora a dupla portuguesa já tem 6 festejos e promete fazer tremer a frágil defesa francesa.

18:20. O selecionador francês tem a equipa na máxima força e Portugal terá mesmo de enfrentar as principais estrelas dos gauleses. O foco vai para o miolo potente composto por Matuidi e Pogba, e para os astros do golo Payet e Griezmann. Os dois últimos juntos levam já 9 tentos na competição e são uma verdadeira ameaça para Rui Patrício. A defesa francesa é o sector mais vulnerável da equipa, mas Sagna e Evra são laterais experientes e com muita qualidade, que ajudam a disfarçar as carências dos centrais.

18:00. Os gauleses organizaram o Euro e venceram o grupo A com 2 vitórias e um empate. Frente à Roménia e à Albânia os gauleses somaram 3 pontos, mas diante a Suíça o empate foi o resultado. Nos oitavos os franceses eliminaram a República da Irlanda, e foi sem surpresa que a demoliram a Islândia rumo à meia final diante a Alemanha. Nesse jogo, Griezmann eliminou a campeã do mundo Alemanha e a festa levou a anfitriã do Euro até à final.

17:45. Até chegar à final de Paris, Portugal teve de ultrapassar 6 duras batalhas. No Grupo F os famosos empates lusitanos frente à Islândia, Aústria e Hungria levantaram um coro de críticas gigante, mas a verdade é que Portugal se classificou e enfrentou a Croácia nos oitavos. O golo de Quaresma no prolongamento despachou os croatas rumo aos quartos diante a Polónia. O destino desta partida estava nas grandes penalidades e aí brilhou a estrelinha das quinas, que colocou Portugal na meia final frente ao País de Gales. Para chegar à final de Paris, Cristiano Ronaldo marcou um voo incrível, que se iniciou na área de Gales até aterrar na capital francesa.

Mark Clattenburg é o árbitro da final
Mark Clattenburg é o árbitro da final

17:30. O apito da grande final será de Ouro, e quem melhor do que o inglês Mark Clattenburg? O árbitro de 41 anos é tipicamente britânico e tem por hábito dar liberdade aos jogadores para se entregarem ao jogo com alguma agressividade. O juíz do duelo será o 2º da história a apitar a final da Champions e do Europeu num mesmo ano, juntando-se ao luso Pedro Proença que em 2012 atingiu esse feito.

17:15. Na final inédita deste domingo, Portugal tentará remar contra a maré negra de duelos frente aos franceses. O capitão do leme, Cristiano Ronaldo, juntar-se-á aos restantes tripulantes do navio da Boa Esperança, que levará Portugal a ultrapassar a tormenta da equipa de Griezmann e companhia. A História e as estatísticas existem para ser quebradas e, verdade seja dita, chegou a hora de afastar os adamastores Platini e Zidane da memória e reescrever a epopeia que Luís Vaz de Camões iniciou. Portugal: 8 letras bastam para soletrar um país guerreiro, corajoso, pessimista por vezes, mas sempre a ambicionar chegar ao topo que há tanto tempo deseja.

17:00. Finalmente, é impossível esquecer a meia final do mundial 2006, organizado pela Alemanha. Os lusos dominaram os gauleses, mas uma polémica grande penalidade convertida por Zidane afastou Portugal da final. Nesta eliminatória, Figo e Crlstiano partilharam o mesmo relvado, mas o encontro teimou em ficar marcado por um lance de arbitragem.

16:50. No Euro 2000 a sorte comecou por sorrir aos lusos com um tento de Nuno Gomes ao minuto 19, mas Henry igualou o duelo na 2ª parte e o prolongamento estava uma vez mais no horizonte da meia final entre Portugal e França. A 3 minutos dos 120, o pesadelo invadiu as quinas e Abel Xavier colocou a mão onde não devia, cometendo grande penalidade que Zidane converteu para desespero dos portugueses.

16:40. Na estreia lusitana em fases finais de Europeus, a equipa das quinas chegou até à meia final do Euro 84 onde, curiosamente, defrontou a anfitriã formação francesa. Os gauleses inauguraram o marcador ao minuto 24 por intermédio de Jean-François Domergue. Os heróis do mar responderam, e a 16 minutos dos 90 Jordão restabeleceu a igualdade, levando o jogo para prolongamento. Neste período os lusos chegaram à vantagem com tiro certeiro do inevitável Jordão, mas o gaulês Domergue empatou o duelo a 2 bolas. Quando todos esperavam por grandes penalidades, eis que Platini resolve fazer o gosto ao pé a 1 minuto do fim, carimbando a passagem gaulesa para a final.

16:25. Analisando globalmente o histórico de embates entre portugueses e franceses, o balanço é favoravelmente esmagador para os franceses, com 18 triunfos, 1 empate e apenas 5 vitórias lusas (sendo que nenhuma destas vitórias se registou em jogos oficiais). 

O Stade de France será o palco da Final deste Euro 2016
O Stade de France será o palco da Final deste Euro 2016

16:15. O Stade de France é o palco escolhido para receber o duelo final do Europeu, tratando-se do cenário ideal para que lusos e gauleses apresentem o seu melhor futebol. A capacidade do Estádio pode chegar aos 80 mil espectadores, aguardando-se casa cheia com maioria francesa, mas com uma pequena parcela lusitana pronta a gritar, apoiar e contagiar os 11 magníficos lusos com ambição e união - são esperados pelo menos 8 mil heróis do mar. 

16:00. A capital francesa veste as cores portuguesas e gaulesas para a arrepiante final do Euro 2016. 

Futebol Português