Milan cede empate e Napoli mantém a diferença na segunda posição

No jogo mais aguardado da rodada, uma partida truncada determinou empate entre Milan e Napoli. Jogando em Milão, o terceiro e o segundo colocado da Serie A protagonizaram um belo duelo, que acabou com gols de Flamini e Pandev. Assim, o rossonero chega aos 59 pontos na classificação, quatro atrás dos napolitanos. Bom para a Juventus, que pode aumentar sua vantagem na liderança para onze pontos caso vença a Lazio amanhã (e, aí, poderá ser campeã já na próxima rodada, justamente contra o Milan), e para a Fiorentina, que bateu a Atalanta ontem e ficou a quatro pontos do Milan.

Sem Balotelli, suspenso, o Milan demorou para se encontrar. O técnico Massimiliano Allegri optou por colocar jogadores considerados titulares no banco, como El Shaarawy e De Sciglio. Assim, as principais ações ofensivas do rossonero vinham dos pés de Robinho, de volta ao onze inicial. E foi o brasileiro que iniciou a rodada do gol: jogada pela esquerda e tentativa de passe para Pazzini. A defesa cortou e Flamini, da entrada da área, chegou batendo forte, para abrir o placar.

O Milan ainda estava comemorando, quando o Napoli fez questão de amenizar a festa. Hamsik pela esquerda, e passe para dentro da área. Pandev, sozinho no meio da defesa rossonera, só teve de empurrar para o fundo da rede. Placar em igualdade. O gol animou os visitantes, que passaram a atacar mais. Cavani perdeu grande chance, cara a cara com Abbiati, e Hamsik tentava bons passes. Porém, a primeira etapa acabou com 1 a 1.

Na volta do intervalo, o Milan foi melhor. Atacou mais, teve mais oportunidades, e apostava muito na velocidade de Robinho. O problema foi aos 27 minutos, quando o volante Flamini recebeu cartão vermelho por dura entrada em Zuñiga, e freiou o rossonero. O Napoli voltou a mandar no jogo, mas Cavani, irreconhecível, perdeu outra grande chance.

O fim do jogo foi emocionante, com Calaió cabeceando perto do gol, e com Pazzini quase desempatando, após chute de longe de Montolivo. No fim, 1 a 1.

O Napoli chega aos 63 pontos, e mantém os quatro de vantagem para o Milan. Agora, torce contra a Juventus, amanhã contra a Lazio, para continuar sonhando com o título. Para o Milan, manter a diferença para a Fiorentina, que vem em ascenção e promete brigar pela vaga na Champions League.

Na rodada que vem, o Napoli recebe o Cagliari, enquanto o Milan visita a Juventus, no clássico que pode dar o título da Serie A aos bianconeri. 

Brasileiros definem derby de Genova

A região da Liguria aguardava ansiosa por hoje. Gênoa e Sampdoria fizeram o Derby della Lanterna, e empataram em 1 a 1. Pior para o Genoa, que continua na zona de rebaixamento: caso vencesse, empataria em pontos com o Siena, primeira equipe fora da zona da degola.

A Samp abriu o placar aos 28, com bela cobrança de falta de Éder: o camisa 23 bateu por baixo da barreira, tal qual gols anotados por Pirlo e Ronaldinho, recentemente. O brasileiro abriu o placar do derby, que permaneceu com vitória parcial da Samp até a reta final da segunda etapa: Matuzalém empatou a partida. 

Com um a menos desde a expulsão do zagueiro Costa, a Sampdoria não conseguiu reagir. Chegou aos 37 pontos, enquanto o grande rival alcançou os 28, e ainda permanece na zona de rebaixamento. Na última vez que esteve na elite italiana, duas temporadas atrás, um derby praticamente carimbou a passagem da Samp para a Serie B, e os torcedores do Genoa comemoraram muito. Hoje, o contrário aconteceu: faltam apenas cinco rodadas para o rossoblù tentar sair da zona de rebaixamento.

VAVEL Logo