Rússia e Argélia decidem vaga inédita em Curitiba
Empate e combinação de resultado na outra partida pode garantir os africanos na próxima fase (Foto: Reprodução/ Ivo Gonçalves/PMPA)

Na tarde desta quinta-feira (26), Argélia e Rússia entram em campo na Arena da Baixada, em Curitiba, para decidir quem avança junto com a Bélgica para as oitavas de final da Copa do Mundo. O confronto da última rodada do grupo H promete esquentar a capital paranaense a partir das 17h.

Na tabela de classificação, Argélia e Rússia ocupam, respectivamente, a segunda e a terceira posição. Com três pontos os africanos possuem a vantagem de jogar pelo empate para carimbar a vaga inédita na próxima fase da Copa. Já os europeus precisam vencer para avançarem às oitavas. Os russos também nunca avançaram para a fase de mata-mata em Copa do Mundo.

Favorita Rússia quer mostrar futebol que até agora não apareceu

A seleção russa chegou com moral para a Copa do Mundo do Brasil. Sede do próximo mundial, a Rússia é uma das seleções que mais evoluíram nos últimos campeonatos, porém, em terras brasileiras não está sendo bem assim. Com apenas um empate na primeira rodada com a Coréia do Sul, após um frango do goleiro Igor Akinfeev, e uma derrota para a Bélgica, os europeus precisam da vitória para se classificar às oitavas de final.

Mesmo sem ter conseguido vencer ainda na competição, o técnico Fabio Capello reconhece a evolução da equipe e lamenta o resultado de derrota para a Bélgica nos minutos finais de jogo.

“Sinceramente, estou muito feliz com o desempenho do time. Eu continuo acreditando. Vamos aguardar os resultados. O importante é que demos um passo à frente depois de 12 anos fora da Copa. Foi importante ver o nível da qualidade dessa competição. Eu já tinha dito que poderíamos pagar caro pelo empate na estreia”, disse Campello.

Os anfitriões do próximo mundial treinaram na manhã desta terça-feira (24) em Itu, interior de São Paulo e nesta quarta-feira (25) desembarcaram em Curitiba. Focada no desafio que decide seu caminho na competição, a escalação pode ter novidades em relação à última partida. Como só a vitória interessa para a equipe, uma formação mais ofensiva com a entrada de Dzagoev desde o início da partida, pode acontecer.

"Esta é a nossa última oportunidade, e precisamos dar 100% de nós, mas a Argélia é uma equipe forte", revelou o lateral russo Dmitri Kombarov.

Com muitos mistérios, Fabio Capello só deve confirmar os onze titulares minutos antes do confronto.

Surpresa do grupo, Argélia quer ir mais longe

A seleção argelina é uma das surpresas desta primeira fase. Após fazer um jogo equilibrado e perder de virada para a Bélgica por 2 a 1, os africanos conseguiram uma vitória convincente contra os Sul-Coreanos, por 4 a 2. O triunfo diante dos asiáticos já entrou para a história e coloca a Argélia como a seleção africana que mais fez gols em uma partida de Copa do Mundo. Mas, os argelinos querem outro objetivo inédito: avançar para as oitavas de final.

Uma vitória simples ou um empate, se a Coréia do Sul não golear a Bélgica, garante a seleção africana na fase de mata-mata. O bósnio Vahid Halilhodzic, treinador da Argélia, surpreendeu ao fazer cinco alterações da primeira para a segunda rodada da competição. Mas as substituições deram resultado. Em poucos minutos, a seleção abriu uma vantagem de três gols contra os coreanos e praticamente garantiu a vitória.

Na manhã desta terça-feira (24), os jogadores realizaram o último treinamento em Sorocaba antes de embarcam no final da tarde para Curitiba. Na capital paranaense aproximadamente 100 torcedores aguardavam a chegada das “Raposas do Deserto”. Mas, sem dar entrevistas para a imprensa, o único sinal foram alguns acenos para os torcedores de dentro do ônibus.

Para a partida decisiva diante da Rússia, o treinador Vahid Halilhodzic mantém mistério. O técnico pode optar pela formação que se defendeu muito bem no primeiro tempo contra a Bélgica ou repetir o esquema ofensivo que surpreendeu os Sul-Coreanos.

“Já ouvi tantas mentiras depois do nosso primeiro jogo, que decidi fechar o treino e não revelar a escalação. Ouvi críticas que jogamos muito bem nos primeiros minutos contra a Bélgica e, depois, que fomos muito mal. Nosso time é muito jovem, fomos o time que mais correu na estreia, com 113 quilômetros, tivemos boas chances de gol, mas não marcamos”, contou o treinador em tom de irritação.

Curitiba aguarda ansiosa pela partida

A capital paranaense não teve muita sorte no sorteio dos jogos do mundial. Com seleções de pouca tradição sorteadas, a torcida curitibana se divertiu nas arquibancadas, mas pouco se empolgou com as partidas.

O primeiro jogo da Arena da Baixada foi o empate sem gols entre Nigéria e Irã, eleito como pior jogo do mundial, na sequência Curitiba recebeu Equador e Honduras que fizeram uma partida emocionante com a vitória de virada por 2 a 1 dos sul-americanos. O terceiro confronto era pra ser o mais esperado, porém, a eliminação precoce dos atuais campeões do mundo, fez o jogo entre Espanha e Austrália um amistoso.

Agora, Curitiba finalmente recebe uma partida que promete ter ingredientes para ser a mais emocionante da cidade no mundial. Rússia e Argélia travam um confronto pela vitória para alcançarem uma classificação inédita para as oitavas de final.

VAVEL Logo