Após longa negociação, Bayer Leverkusen oficializa contratação de Hakan Çalhanoglu

Depois de muita conversa e negociações entre os dirigentes de Hamburgo e Bayer Leverkusen, o meia Hakan Çalhanoglu pôde ser anunciado como novo reforço dos aspirinas. O valor da transferência foi de €14.5 milhões, a mais cara da história dos Werkself. O jovem turco assinou um contrato de cinco temporadas e receberá € 2.8 milhões por ano.

Çalhanoglu já havia deixado claro o seu desejo de deixar o HSV, mesmo após prolongar o seu contrato com o clube por mais dois anos. Segundo o próprio atleta através da sua página no facebook, a sua intenção é jogar em grandes ligas a fim de se preparar para a Eurocopa 2016 junto à Turquia.

Contudo, devido a renovação contratual, os dirigentes do clube do norte da Alemanha afirmaram que não iriam negociar o atleta, o que fez o Leverkusen procurar outros jogadores no mercado. Por fim, o Hamburgo achou viável a transferência do meio-campista visando a contratação em definitivo do atacante Lasogga, artilheiro da equipe na última temporada.

Michael Schade, presidente do Leverkusen, disse estar feliz com a contratação de Çalhanoglu e que o atleta tem muito o que contribuir para a equipe: "Estamos felizes com a contratação de Çalhanoglu após intensa negociação com o Hamburgo. Seu desejo de assinar com o Leverkusen nos estimulou, apesar de situações difíceis, ele fez um grande esforço. A contratação de um atleta como ele é mais uma prova de que estamos reforçando nossa equipe a fim de buscar grandes objetivos" afirmou. 

Para o diretor esportivo Rudi Völler, Çalhanoglu é um fator crucial em termos de montar um forte e competitivo elenco para as próximas temporadas: "Çalhanoglu é um jogador ágil e de ótimos chutes. Um enriquecimento absoluto para a nossa equipe. Só temos a ganhar com ele. Hakan dará ao elenco um impulso de qualidade" disse.

Por sua vez, Çalhanoglu afirmou que assinar com o Leverkusen é um grande passo dado em sua carreira; o meia disse estar ansioso para dar início aos grandes desafios: "Eu tive um tempo muito agradável no Hamburgo, mas no Leverkusen eu posso evoluir mais. O Bayer tem uma grande equipe que participa de competições europeias regularmente. Jogar a Champions League e ficar nas primeiras posições da Bundesliga é um grande desafio pra mim. Estou animado e farei de tudo para ajudar a equipe" concluiu. 

VAVEL Logo