Luiz Adriano sai do banco, marca no fim e garante vitória do Milan sobre Sassuolo

Com muito sofrimento, o Milan conseguiu voltar a vencer na Serie A ao bater o Sassuolo, neste domingo (25), por 2 a 1, em jogo válido pela nona rodada do campeonato. Carlos Bacca abriu o placar de pênalti no San Siro, mas Domenico Berardi igualou o marcador para o time de Emília-Romanha em linda cobrança de falta. O brasileiro Luiz Adriano, no entanto, marcou aos 85 minutos e decretou a vitória para os rossoneri.

Com o resultado, o Milan galgou quatro posições na tabela de classificação, aparecendo, assim, no décimo lugar, com 13 pontos. Já o Sassuolo se mantém na sexta colocação, com 15 pontos, mas pode ser ultrapassado caso o Torino vença a Lazio no decorrer da rodada.

Agora, ambas as equipes voltam a campo na próxima quarta-feira (28). O Milan jogará novamente no San Siro, mas desta vez o adversário será o Chievo. O Sassuolo, por sua vez, receberá a Juventus no Città del Tricolore. Os dois jogos ocorrerão às 17h45 (de Brasília) e serão válidos pela décima rodada da Serie A.

Bacca converte pênalti e abre o placar para o Milan

O Milan, que vinha de três rodadas sem vitórias, entrou em campo para enfrentar o Sassuolo sabendo que precisava de um triunfo para fugir da situação delicada: 14º colocado (quatro posições acima da zona de rebaixamento). Com isso, o treinador Sinisa Mihajlovic manteve o esquema tático usado na última rodada diante do Torino, 4-3-3, a fim de deixar a equipe mais veloz pelas pontas.

Os primeiros minutos do primeiro tempo não foram muito empolgantes, visto que ambas as equipes tinham dificuldades para criar jogadas de perigo. Reflexo dessa monotonia foi a primeira oportunidade de gol da partida: aos 18 minutos, Bonaventura pegou sobra na entrada da área, sem deixar a bola quicar, e quase marcou um golaço.

Porém, aos 28 minutos, Cerci forneceu um lindo passe às costas dos defensores para Bacca, que foi derrubado pelo goleiro Consigli na área. Pênalti para o Milan e o arqueiro acabou expulso direto. O próprio Bacca correu para a bola e colocou o Milan à frente.

Com a vantagem no marcador, o time rossonero continuou esbarrando em seus próprios erros e não conseguiu ameaçar o gol do Sassuolo até o intervalo.

Três pontos graças a Luiz Adriano

Com um jogador a mais em campo, o Milan voltou para a segunda etapa disposto a ampliar o marcador. Contudo, o Diavolo foi surpreendido por um golaço de falta do atacante Berardi. O jovem jogador, de 20 anos, já tem no currículo oito gols e duas assistências em apenas cinco jogos contra o Milan.

Após o gol de empate, o Milan aumentou a pressão, e Mihajlovic colocou Luiz Adriano para dar mais poder ofensivo ao time. Os chutes de longa distância passaram a ser uma arma do Milan, que não conseguia penetrar à defesa do Sassuolo mesmo com dois pontas habilidosos (Bonaventura e Cerci).

Aos 74 minutos, Bacca tabelou com Bertolacci e finalizou ao gol, mas a bola desviou em Cannavaro e saiu pela linha de fundo. Aproximando o fim de jogo, a torcida já estava impaciente com erros da equipe milanista e esboçou algumas vaias. Depois de cobrança de escanteio, no entanto, Luiz Adriano, livre na área, testou para o gol vazio e levou o San Siro ao êxtase.

Nos acréscimos, Bonaventura ainda teve a chance de marcar o terceiro gol, mas o camisa 28 errou a finalização, mantendo o placar de 2 a 1 até o apito final do árbitro Gianluca Rocchi.

VAVEL Logo