Na reestreia de Payet, Dória marca na prorrogação e Marseille elimina Lyon na Copa da França
Foto: Divulgação/OM

Em partida válida pela fase 16 avos de final da Copa da França, o Olympique de Marseille eliminou o Lyon no Stade Vélodrome e mantém vivo o sonho de conquistar um título na temporada. Rod Fanni abriu o placar, mas Corentin Tolisso empatou. Na prorrogação, o brasileiro Dória anotou o tento da vitória e garantiu o 2 a 1 para o time da casa.

O adversário dos comandados de Rudi Garcia noas oitavas de final só será definido nesta quarta-feira (1º). O clube agora voltará suas atenções para a Ligue 1, na sexta-feira (3) o OM encara o Metz, fora de casa. Dois dias depois, o Lyon vai visitar seu maior rival, o Saint Étienne, no maior clássico do futebol francês.

A primeira boa chance aconteceu cedo, com o Olympique de Marseille: Gomis recebeu na esquerda e cruzou para o meio. Vainqueur tentou duas vezes para conseguir arrematar, mas a bola passou ao lado da trave. Pouco depois, Morel saiu jogando errado e deu a bola nos pés de Cabella. O meia-atacante avançou, encarou a marcação, driblou e chutou colocado, mas o arremate não foi na direção do gol.

Melhores na partida, o Marseille pressionava. Enquanto isso, a defesa do Lyon batia cabeça. Em cobrança de escanteio, Thauvin levantou no tumulto e Rolando chegou pegando de primeira. A bola explodiu no travessão. Insistindo, os mandantes abriram o placar: Maxime Lopez cobrou falta e Fanni testou no canto, sem chances ao goleiro do Lyon. Os visitantes deram o primeiro chute a gol apenas aos 29 minutos: Ghezzal bateu colocado e mandou por cima.

Na volta do intervalo, os marselheses seguiram superiores. Evra saiu machucado e entrou o brasileiro Dória. Após boa triangulação pela direita, Sakai cruzou fechado e Gomis se antecipou ao zagueiro desviando para o gol. A bola tirou tinta da trave. No lance seguinte, Anthony Lopes saiu atrapalhado da meta, Maxime ficou com a sobra e tentou por cobertura. Gomis disputou no alto com Morel, mas Rybus salvou em cima da linha. O Lyon assustou com o brasileiro Rafael, que aproveitou-se de posição irregular para chutar em cima de Pelé. O lance foi impugnando.

Precisando do resultado, o OL foi para cima. Bruno Génésio colocou Fekir e Memphis. Rafael tocou para Fekir em boa posição, o atacante foi à linha de fundo e cruzou para o meio. Tolisso apareceu por trás e só empurrou para as redes, empatando o jogo. O jogo melhorou e as duas equipes criaram chances. A melhor delas veio com Anguissa, que teve o chute defendido de forma espetacular por Lopez. No último lance da etapa final, Sergi Darder recebeu em boa posição e mandou por cobertura, mas Pelé fez milagre e salvou o OM.

Foto: Divulgação/OM

As equipes não ficaram tímidas na prorrogação e fora para cima. Gomis recebeu bom lançamento e bateu cruzado, Lopes pegou. Os três minutos, Thauvin saiu e Payet fez sua reestreia pelo Marseille. Cabella foi acionado na área, driblou o marcador, mas isolou quando foi fazer o gol. Antes do intervalo, Fekir arriscou de fora e Pelé salvou. Aos seis minutos do segundo tempo, Cabella cruzou para a confusão e Dória apareceu entre dois para completar e deixar o OM em vantagem. No último momento, Memphis arrancou pela direita, avançou e soltou a bomba. Pelé fez outra grande defesa.

Resultados desta terça:

Quevilly Rouen 3 x 0 Consolat Marseille

Le Poiré sur Vie 0 x 1 Strasbourg

Sarreguemines 0 x 3 Chamois Niortais

Lille 1 x 0 Nantes

Châteauroux 2 x 3 Lorient

Bordeaux 2 x 1 Dijon

Bergerac 2 x 0 Lens

VAVEL Logo