Com desfalques importantes, Real Madrid defende liderança diante do Alavés
A última vitória do Alavés diante do Real ocorreu na temporada 1999/00

Com o término de mais uma Data Fifa, as ligas pelo mundo retomam suas rotinas neste final de semana. Visando manter a primeira colocação da Liga, o Real Madrid recebe neste domingo (2) o Alavés, adversário do Barcelona na decisão da Copa do Rei desta temporada. O confronto válido pela 29ª rodada está marcado para as 11h15, no Santiago Bernabéu.

Há pouco mais de uma semana para as quartas de finais da Uefa Champions League contra o Bayern de Munique, e com apenas dois pontos de vantagem sobre o Barcelona na Liga, o Real começa a sofrer desde com o cansaço de seus atletas. 

Nas últimas dez partidas da temporada, o Real soma oito vitórias, um empate e uma derrota

Para a partida desde domingo, por exemplo, Zinedine Zidane terá que remontar sua equipe principalmente no setor defensivo. Sergio Ramos, Keylor Navas e Marcelo serão poupados. No meio-campo, James Rodríguez e Casemiro também ficam de fora. O último está suspenso. 

Finalista da Copa, o Alavés está a oito pontos da Real Sociedad, primeira equipe na zona de classificação para a próxima edição da Uefa Europa League. Há três partidas sem perder, o clube basco terá que quebrar um enorme tabu se quiser sair do Santiago Bernabéu com os três pontos. O último triunfo em solo madridista aconteceu no início da última década, em 2000. Desde então foram oito vitórias do Real e um empate. Vale ressaltar que os dois clubes voltaram a se enfrentar nesta temporada, após 10 anos de ausência do Alavés na elite.

Zidane minimiza declarações de Piqué: "Este é um clube muito grande e muito sério"

Usando como exemplo a vitória do adversário de amanhã contra o maior rival, Zinedine Zidane projetou a próxima partida: "A verdade é que ganharam do Barcelona e empataram com o Atlético dentro do Vicente Calderón. É uma equipe que tem realizado coisas boas, é um rival complicado, mas estamos preparados. Tivemos um bom tempo de preparação", comentou o francês.

Citando a importância do elenco, o comandante reforçou a maratona de partidas: "Agora mais do que nunca, teremos nove partidas em 28 dias, significa que vamos precisar de exatamente todos os jogadores. Estamos todos preparados para esta importante reta final", acrescentou.

"É só vestir-se de branco", disse Piqué após as decisões do árbitro de vídeo na partida da Espanha

Inevitavelmente, Zidane foi bombardeado com questões relacionadas as polêmicas declarações do zagueiro Piqué. No último meio de semana, o jogador do Barcelona provocou o rival após a vitória da Seleção Espanhola, insinuando um suposto favorecimento da arbitragem local à equipe de Madrid: "Entendo a preocupação dele. Mas tivemos 15 dias e só penso nesta partida. Este é um clube muito grande e muito sério. Nada mais. Agora eu só penso no duelo com o Alavés, os jogadores, a torcida... Não nos interessa isso", ressaltou.

Sobre a situação de Cristiano Ronaldo, que soma quatro cartões amarelos, Zidane também evitou polemizar: "Espero que saia de campo sem receber o cartão, não vamos mirar isso e não podemos de forma alguma pedir que ele procure. Espero que ele fique com quatro amarelos até o fim", concluiu.

(Foto: Juan Manuel Serrano Arce/Getty Images)
(Foto: Juan Manuel Serrano Arce/Getty Images)

Pellegrino demonstra preocupação com fatores extra-campo: "Espero que não se fale do árbitro"

"A equipe deve ter personalidade. Uma concentração altíssima para que o rival não crie oportunidades", é assim que o comandante do Alavés, Maurício Pellegrino, visa o importante duelo no Santiago Bernabéu. 

Sabendo da dificuldade de encarar o líder absoluto da competição, o técnico projetou com detalhes o duelo: "Será um grade desafio. Vale ressaltar que o Real no Bernabéu cedeu apenas três empates. É uma grande oportunidade para esta equipe, mesmo que nessa altura do campeonato seja mais difícil surpreender. Para conseguir isso a partida deve ser ofensivamente e defensivamente perfeita", acrescentou.

Para aumentar o desafio, Pellegrino terá um série de baixas para o confronto. Rúben Sobrino segue lesionado; emprestado ao Alavés pelo Real, Marcos Llorente também ficará de fora. Carlos Vigaray e Nenad Krsticic são dúvidas: "É complicado, mas temos condições de armarmos mesmo com os desfalques uma equipe competitiva", concluiu.

(Foto: Juan Manuel Serrano Arce/Getty Images)
(Foto: Juan Manuel Serrano Arce/Getty Images)
VAVEL Logo