Alan Ruschel marca, mas Chapecoense é goleada pela Roma na Itália

Em mais um amistoso pela Europa, a Chapecoense foi goleada pela Roma, nesta sexta-feira (1º), no Estádio Olímpico, na capital da Itália. Convidado pelo clube italiano devido ao acidente aéreo que deixou 71 mortos, em novembro do ano passado, na Colômbia, o time de Chapecó perdeu por 4 a 1.

O único gol da equipe brasileira foi marcado por Alan Ruschel, um dos sobreviventes da tragédia. O lateral-esquerdo foi o capitão da Chape. Já os giallorossi alcançaram a vitória graças aos tentos de Alessandro Florenzi, Diego Perotti, Mirko Antonucci (2x). A partida marcou, também, o retorno de Florenzi aos gramados. O lateral/meia havia rompido os ligamentos do joelhos ainda na última temporada.

Antes de o jogo começar no Olímpico, os jogadores de ambas os times possaram para fotos ao lado de uma faixa, com a mensagem #TodosJuntos. No momento de escolher o lado do campo, Alan Ruschel entregou uma camisa da Chapecoense autografada a Florenzi, capitão da Roma. O goleiro Follmann, outro que sobreviveu ao acidente aéreo, deu o pontapé inicial do confronto.

Hoje dirigente, o ex-jogador Totti recebeu uma camisa personalizada da Chapecoense (Foto: Paolo Bruno/Getty Images)
Hoje dirigente, Totti recebeu uma camisa personalizada da Chapecoense (Foto: Paolo Bruno/Getty Images)

Com a bola rolando, a Roma marcou aos 29 minutos. Douglas Grolli interceptou o chute de Florenzi com o braço esquerdo, e o árbitro assinou pênalti. O próprio Florenzi cobrou e converteu a penalidade. A Chape quase empatou em chute colocado de Dodó, mas Lobout colocou para escanteio.

Porém, quem balançou as redes novamente foi o time giallorosso. Gerson deu um belo passe para Perotti, que infiltrou a área, driblou Artur Moraes e tocou de canhota para o fundo do gol. Antes do intervalo, Lobout salvou, com a mão direita, o tento de Alan Ruschel. Mas, aos 42 minutos, o Antonucci fez 3 a 0, convertendo mais um pênalti.

Na volta para o segundo tempo, Perotti arrancou com a bola dominada pela ponta esquerda, Douglas Groli não conseguiu acompanhar, e o argentino tocou para o meio da área, onde Antonucci não perdoou. Goleada. A Chapecoense apenas diminuiu, com Alan Ruschel cobrando pênalti.

Agora, a Chapecoense voltará a jogar no dia 10 de setembro, um domingo. O Verdão do Oeste enfrentará o Cruzeiro, na Arena Condá, em Chapecó/SC, às 19h, pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro. Já Roma visitará a Sampdoria, um dia antes, às 15h45, em Gênova, pela terceira rodada da Serie A.

VAVEL Logo