Handanovic fecha o gol, Inter arranca empate e tira 100% do Napoli na Serie A
Foto: Divulgação/SSC Napoli

No aguardado confronto entre os dois melhores times da Serie A neste início de temporada, Napoli Internazionale criaram chances, mas ficaram no 0 a 0, no San Paolo, em jogo válido pela 8ª rodada. Curiosamente, este foi o primeiro empate da Inter sem gols após mais de dois anos - em outubro de 2015, contra a Juventus.

Com 25 pontos, os napolitanos mantém os dois pontos de vantagem na primeira posição do campeonato, dois a mais que a Inter. Juventus e Lazio tem 19, mas ainda jogam na rodada.

Na rodada de meio de semana, o Napoli entra em campo na quarta-feira (25) contra o Genoa, fora de casa, às 16h45. Um dia antes, mas no mesmo horário, a Inter joga diante de seu torcedor contra a Sampdoria. Partidas no horário de Brasília.

Goleiros trabalham em primeiro tempo sem gols

Com mais posse de bola no primeiro tempo, o Napoli começou a partida no San Paolo pressionando. Logo aos 4, Hamsík recebeu de Insigne na entrada da área, bateu forte de primeira e mandou com perigo à direita de Handanovic. Principalmente na metade inicial da primeira etapa, os mandantes não deixaram a Inter chegar com perigo e acharam espaços para sair na frente.

Aos 16, após arrancada pelo meio, Insigne fez tabela com Hamsík e buscou o ângulo na finalização, mas chutou para fora. Três minutos depois, Hysaj escapou bem pela direita, recebeu o passe de Albiol e rolou para trás. Callejón soltou a bomba de primeira, e Handanovic salvou. No rebote, já dentro da pequena área, Mertens chegou finalizando de primeira, porém novamente apareceu o goleiro esloveno para evitar o gol napolitano.

Depois desse bom início dos mandantes, a Inter conseguiu se organizar mais para segurar a movimentação do ataque rival e, assim, conseguiu criar suas oportunidades. Aos 26, Candreva avançou pela direita, foi até a linha de fundo e cruzou na segunda trave para Perisic, que, apareceu livre, mas cabeceou para fora.

A resposta napolitana veio aos 34. Em lançamento de longe de Hamsík com o pé esquerdo, Insigne desviou de cabeça e Handanovic fez a defesa segura em dois tempos. Cinco minutos depois, Icardi recebeu dentro da área, acelerou para cima de Albiol e bateu cruzado, mas Reina fechou bem o ângulo e segurou. Já aos 41, Borja Valero recebeu passe de cabeça de Perisic, saiu de frente para o gol e bateu forte, porém o goleiro do Napoli apareceu para espalmar. No fim, em um primeiro tempo com alternância de domínio e com chances para os dois lados, o jogo foi par ao intervalo sem gols no San Paolo.

Handanovic salva no fim e garante empate

Logo no primeiro minuto de jogo, em jogada que começou longe da área, Vecino arrancou, tabelou com Icardi e saiu dentro da pequena área. O uruguaio driblou Reina e tocou para o gol, mas Albiol tirou de cabeça em cima da linha. O Napoli teve menos forças para atacar no segundo tempo e, diferente da primeira etapa, a Inter conseguiu defender com mais tranquilidade durante grande parte dos 45 finais.

Aos 10, Jorginho lançou para a área, Callejón fez o pivô e Hamsík apareceu de frente para finalizar, mandando à direita do gol. Nove minutos depois, Insigne dominou no lado esquerdo da área e tentou chute buscando o ângulo, e mandou perto do gol de Handanovic.

As entradas de Rog e Zielinski no meio campo do Napoli deram mais fôlego e criatividade para esse setor dos mandantes, e, assim, o time voltou a criar chances, enquanto a saída de Candreva diminuiu as opções da Inter no setor ofensivo. Aos 29, Insigne tentou o passe, a bola bateu em Skriniar e voltou para o italiano, que finalizou colocado de fora da área, com perigo à esquerda.

Com um final de maior domínio do Napoli, até pelo cansaço da Inter, os mandantes passaram a assustar novamente os visitantes. Aos 38, Rog tabelou na entrada da área com Callejón e arriscou chute de canhota, obrigando Handanovic a se esticar e evitar o primeiro do jogo. Já aos 44, Ghoulam lançou do campo de defesa, Mertens ganhou de Miranda e finalizou de primeira, mas o goleiro fez outra grande defesa para manter o 0 a 0.

VAVEL Logo