Autor de três gols, Kurzawa comenta comemoração polêmica em goleada do PSG

Um protagonista improvável apareceu na noite desta terça-feira (31) no Parc des Princes. Diante de uma escalação repleta de jogadores ofensivos, os holofotes ficaram – ao final da partida – com um defensor. Layvin Kurzawa marcou três gols na goleada que garantiu o Paris Saint-Germain na próxima fase. A vitória por 5 a 0 também contou com tentos de Neymar e Verratti.

O lateral-esquerdo anotou seu hat-trick no segundo tempo, mostrando oportunismo diante do Anderlecht. No primeiro, aproveitou rebote na falta de Neymar. Minutos mais tarde, Lo Celso vacilou ao completar cruzamento de Dani Alves, mas o francês estava esperto e anotou mais um. Minutos depois, troca de passes e Di María deixou uma ótima bola para Kurzawa, ele dominou e bateu rasteiro, cruzado, sem chances para o goleiro. Incrédulo, o jogador não soube nem como comemorar o último gol.

Entrevistado pelo canal BeIN Sports ao final da partida, Kurzawa enalteceu o coletivo do PSG: “Todos felizes nesta noite. Ganhamos por 5 a 0, tivemos um bom jogo diante dos nossos torcedores, cabe a nós continuar assim. Eu anotei um hat-trick, graças aos meus colegas de equipe, estou muito contente. Recuperei a confiança espero continuar assim.”

Após o primeiro tento assinalado, o polêmico fez sinal de silêncio. Ele explicou o motivo de tal gesto. A adrenalina foi o fator principal: “Era para todos, estava ainda emocionado com o gol que eu fiz. Trabalho todos os dias no treinamento, o resultado veio esta noite. Também estou feliz pelas pessoas que estão ao meu lado.

Kurzawa falou pouco, apenas na beira do gramado após o fim da partida. Jornalistas franceses relatam que ele passou rápido pela zona mista, sem comentar sobre o jogo, com a bola em baixo do braço. O lateral se tornou o primeiro defensor a marcar três vezes em um jogo de Champions, segundo Mister Chip (Bale e Kobiashvili eram laterais, mas atuaram adiantados quando fizeram seus hat-tricks).

O próximo compromisso do PSG será diante do Angers, no sábado (4), às 14h, pela Ligue 1. A Champions retorna dia 22 para os parisienses, onde receberão o Celtic. Os comandados de Unai Emery já estão classificados para a fase mata-mata, com 12 pontos somados em quatro jogos. O Bayern é o segundo com nove.

VAVEL Logo