Eficiente, Bayer Leverkusen conquista tranquila vitória diante do Borussia Mönchengladbach
Foto: Divulgação/Bundesliga

Bayer Leverkusen e Borussia Mönchengladbach entraram em campo neste sábado (10) em jogo válido pela 26ª rodada da Bundesliga, na BayArena, com triunfo dos Aspirinas por 2 a 0, com gols de Alario e Brandt.

O triunfo colocou o Leverkusen provisoriamente na 3ª colocação com 44 pontos, enquanto o Gladbach, em queda livre, aparece na 9ª posição com 35 pontos. Na próxima rodada o Borussia Mönchengladbach, no sábado (17), recebe o Hoffenheim, enquanto o Leverkusen, no domingo (18), visita o Colônia em mais um confronto da região do Rio Reno.

Atuando diante de sua torcida, o Bayer Leverkusen viu o Borussia Mönchengladbach pressionar a saída de bola nos minutos iniciais, em um jogo bastante estudado taticamente no meio-campo, sem chances claras nos primeiros momentos. Os goleiros apareceram, nos minutos iniciais, para fáceis defesas. Sommer de um lado, defendendo chute cruzado de Lars Bender, e Leno do outro lado, segurando chute fraco de Grifo, ambos com bastante facilidade.

Os donos da casa voltariam a aparecer no campo ofensivo, dessa vez com maior perigo, através do jamaicano Leon Bailey, sensação da Bundesliga, no entanto o meia-atacante foi egoísta em um contra-ataque puxado com extrema velocidade, e ao invés de passar para Aránguiz, finalizou muito, muito mal, longe do alvo. O ponta voltaria a aparecer em duas jogadas subsequentes, dessa vez pela direita, e em jogada de mano a mano, venceu com facilidade a marcação devido a sua velocidade e habilidade, servindo um cruzamento perfeito para Kevin Volland, sozinho, desperdiçar uma oportunidade incrível.

Leon Bailey, no lance seguinte, repetiu a jogada, e dessa vez Volland só escorou para o centroavante Lucas Alario, desmarcado dentro da pequena área, concluir para as redes, inaugurando o marcador na BayArena. O argentino ainda voltaria a incomodar, no último lance da etapa inicial, em arremate com curva, o qual o arqueiro Sommer tirou com os olhos.

No retorno para a etapa complementar, os mandantes apresentaram o mesmo ímpeto, e incomodando da mesma maneira, através de cruzamentos para a área. Lucas Alario, sem necessidade de pular, quase anotou o segundo dos Aspirinas, em cabeçada que passou rente a trave.

Com vantagem no placar, o Leverkusen administrou o resultado, chegando até a irritar a torcida, em certos momentos, devido a menor criação ofensiva. O Gladbach, em contrapartida, pouco ofereceu na etapa complementar, não criando sequer uma chance nos primeiros trinta primeiros minutos do segundo tempo. Em uma medida desespera na busca pelo empate, Dieter Hecking promoveu a entrada de Josip Drmic, e o suíço desperdiçou uma chance incrível de igualar o marcador ao cabecear para fora, sozinho, dentro da pequena área.

Já nos minutos finais, os Potros tentaram impor uma pressão final em busca do empate, e o brasileiro Wendell esteve perto de anotar um belíssimo gol contra, mas contou com excelente defesa de Leno, que no reflexo, salvou. Desesperados, os visitantes levaram o tento de misericórdia nos minutos finais, através de Julian Brandt.

VAVEL Logo