Técnico do Hamburgo, Bernd Hollerbach lamenta goleada: "Não é um futebol que quero assistir"

Técnico do Hamburgo, Bernd Hollerbach lamenta goleada: "Não é um futebol que quero assistir"

Dinos acumulam 13 jogos sem vencer Bayern e se aproxima de inédito rebaixamento

IzabelleFranca
Izabelle França

Em uma campanha decepcionante, o Hamburgo foi até a Baviera enfrentar o Bayern de Munique, neste sábado (10). O time do norte da Alemanha foi goleado por 6 a 0, em uma Allianz Arena lotada.

Amargando a penúltima colocação na Budesliga, com 18 pontos, os Dinossauros continuam com o tabu: ao todo são 13 partidas sem vencer o Bayern. Mesmo sabendo do favoritismo do rival, Bernd Hollerbach admitiu que não esperava perder desta maneira.

"Queríamos jogar com calma e pressionar desde cedo. Estas coisas acontecem se você der o espaço ao Bayern. O jogo terminou após 18 minutos. Você deve ser de outro mundo se quiser tirar algo aqui. Não estou satisfeito com a forma como perdemos. Este caminho não é um futebol que eu quero ver”, falou.

Sobre os três gols em menos de 30 minutos, Aaron Hunt mencionou que o time ficou atordoado e que vão tentar se recuperar até o fim. 

“Se você marcar em tão pouco tempo, o jogo termina aqui em Munique. Nós ficamos realmente bobos com o placar. Sentimos que cada bola longa era uma chance de 100% para o Bayern. É obvio que você pode perder aqui, mas é claro que não é esse o caso. Mas, enquanto ainda tivermos uma chance, vamos tentar”, ponderou.

Papadopoulos argumentou que é preciso esquecer esta derrotar e pensar nos próximos confrontos: “Temos que arrancar este jogo rapidamente, parar de pensar sobre isso e dar tudo isso contra o Hertha. Esta é a nossa última chance. Nós absolutamente temos que ganhar isso. Nós, como jogadores, estamos com essa demanda”, explicou.

VAVEL Logo

Alemanha Notícias

há 2 dias
há 3 dias
há 5 dias
há 6 dias
há 9 dias
há 9 dias
há 10 dias
há 10 dias
há 12 dias
há 12 dias
há 13 dias