Fiorentina converte pênalti marcado pelo VAR nos acréscimos e bate Torino fora de casa
De azul, Fiore venceu a terceira seguida na Serie A (Foto: Divulgação/ACF Fiorentina)

Fiorentina converte pênalti marcado pelo VAR nos acréscimos e bate Torino fora de casa

Veretout perdeu primeira penalidade, mas depois abriu o placar; Belotti chegou a empatar para o Toro, mas Thereau converteu segundo penal para a Viola e garantiu vitória

bruno-da-silva
Bruno da Silva
TorinoSirigu; De Silvestri (Barreca, min. 54), N'Koulou, Moretti, Ansaldi; Acquah, Rincón (Ljajic, min. 74), Valdifiori; Iago Falqué, Berenguer (Niang, min. 58), Belotti. Técnico: Walter Mazzarri
FiorentinaSportiello; Milenkovic, Pezzella, Vitor Hugo, Biraghi; Benassi, Badelj, Veretout; Saponara (Thereau, min. 77); Chiesa, Simeone (Falcinelli, min. 65). Técnico: Stefano Pioli
Placar0-1, min. 59, Veretout. 1-1, min. 86, Belotti. 1-2, min. 90+5, Thereau (pênalti)
ÁRBITROClaudio Gavillucci, auxiliado por Claudio La Rocca e Marco Bresmes. Amarelos: De Silvestri, Iago Falqué, Niang (TOR); Pezzella, Benassi (FIO)
INCIDENCIASPartida válida pela 29ª rodada da Serie A Tim 2017-18, no Stadio Gran Torino, em Turim, Itália

Contando com uma grande influência do VAR, a Fiorentina bateu o Torino fora de casa por 2 a 1 e voltou a sonhar com uma vaga na Uefa Europa League. Veretout, que tinha perdido um pênalti, abriu o placar no segundo tempo. Belotti empatou aos 86, mas Thereau, em nova penalidade, aos 94, marcou o gol da vitória da Viola, a terceira seguida na Serie A. O Toro perdeu seu quarto jogo consecutivo. O time de Florença não vencia o rival fora de casa desde 2008: três empates e três derrotas nesta sequência.

Diante de um adversário pressionado pela torcida, a Fiorentina começou em cima do Torino. Logo aos 6, Simeone invadiu a área pela esquerda, caiu em dividida com Moretti e o árbitro marcou pênalti. A checagem no VAR durou quatro minutos e Claudio Gavillucci decidiu reverter a marcação. Já aos 10, após boa troca de passes, Saponara lançou para a área, Chiesa cruzou e Benassi bateu mal. A bola ainda sobrou para Biraghi, que chutou forte de canhota, mas mandou à direita.

O VAR voltou a aparecer no Stadio Gran Torino. Aos 13, em chute de Biraghi, De Silvestri desviou com o braço e o juiz outra vez apontou a marca da cal. Desta vez a revisão eletrônica durou menos e a penalidade foi confirmada. Veretout foi para cobrança, e mandou no lado esquerdo, mas Sirigu caiu e espalmou.

Veretout parou em Sirigu na primeira etapa (Foto: Divulgação/Torino FC)
Veretout parou em Sirigu na primeira etapa (Foto: Divulgação/Torino FC)

Depois do pênalti desperdiçado, a Fiorentina diminuiu seu ímpeto e passou a criar menos. A Viola finalizou mais nos 45 iniciais - oito a quatro - e durante toda a primeira etapa protegeu muito a posse de bola - terminou com 60% -, mas com uma postura conservadora em muitos momentos. Mesmo assim, o Torino foi pouco perigoso.

A primeira chance veio aos 37. De Silvestri fez jogada individual e arriscou chute de canhota, parando em defesa tranquila de Sportiello. Cinco minutos depois, Berenguer cobrou escanteio e N'Koulou desviou de cabeça, mas outra vez o goleiro viola teve poucos problemas para defender firme. Já aos 44, Chiesa arriscou chute forte da entrada da área após assistência de Saponara, mas Sirigu segurou sem problemas a última boa finalização da primeira etapa.

Sem muita criatividade, o Torino fez duas alterações antes dos 13 minutos: De Silvestri saiu para a entrada de Barreca e Niang substituiu Berenguer, mas o efeito desejado por Walter Mazzarri foi o contrário. Aos 14, Veretout roubou a bola de Acquah no meio campo, partiu com campo aberto e tocou no canto esquerdo e Sirigu para abrir o placar.

Logo na sequência, Veretout quase ampliou. O francês cruzou da esquerda, ninguém conseguiu desviar e a bola tinha a direção do gol, mas Sirigu salvou. Apesar da desvantagem, o Torino não conseguiu subir seu nível de jogo, mesmo com o recuo da Fiorentina no campo. A entrada de Ljajic na vaga de Rincón aumentou o poder de criatividade, mas o time da casa pouco assustou o goleiro Sportiello.

Porém, aos 40, em cobrança de falta de Ljajic, Belotti aproveitou a falha da marcação e saiu na cara do goleiro, tocando por baixo para empatar o jogo. Após sofrer o empate, a Fiorentina voltou a atacar e Badelj quase fez 2 a 1 aos 42, mas o chute de canhota do capitão viola passou à direita.

Já aos 47, o VAR apareceu novamente para auxiliar a arbitragem. O juiz Claudio Gavillucci esperou a bola parar, um minuto após o lance do pênalti acontecer, para checar as imagens. Ele viu o claro toque de Ansaldi no cruzamento de Biraghi da esquerda. Desta vez, Thereau foi quem cobrou, e bateu forte no meio do gol para garantir a vitória da Fiorentina em Turim: 2 a 1.

Com a vitória, a Fiorentina permanece na 9ª colocação, com 41 pontos, mas agora apenas três pontos da Atalanta, que ocupa o 7º posto, que garante uma vaga na UEL. Já o Torino, com seu quarto revés em sequência, para nos 36, em 10º.

As equipes só voltam a campo em duas semanas, após os jogos das seleções nacionais. No dia 30 de março, às 10h, o Torino enfrenta o Cagliari, fora de casa, enquanto a Fiorentina volta a jogar diante de seu torcedor contra o Crotone.

VAVEL Logo

Itália Notícias

há 5 dias
há 5 dias
há 6 dias
há 6 dias
há 7 dias
há 12 dias
há 13 dias
há 15 dias
há 16 dias
há 16 dias
há 17 dias