Leverkusen atropela RB Leipzig fora de casa em confronto direto e entra no G4 da Bundesliga
Brandt e Volland foram importantes na vitória dos visitantes (Foto: Reprodução/Bayer 04 Leverkusen)

Leverkusen atropela RB Leipzig fora de casa em confronto direto e entra no G4 da Bundesliga

Die Werkself saiu perdendo na Red Bull Arena, mas virou para 4 a 1 tendo Brandt como destaque e entrou no G4, enquanto os Bullens caíram para a sexta colocação

eduardo-costa
Eduardo Costa
RB LeipzigGulácsi; Klostermann, Orban, Upamecano e Bernardo; Sabitzer, Kampl, Keita (Ilsanker, 76’) e Forsberg; Werner (Lookman, 69’) e Poulsen (Bruma, 56’). Técnico: Ralph Hasenhüttl.
Bayer LeverkusenLeno; Lars Bender (Jedvaj, 68’), Tah, Sven Bender (Retsos, 17’) e Wendell (Henrichs, 62’), Baumgartlinger, Aránguiz, Brandt, Havertz e Bailey; Volland. Técnico: Heiko Herrlich.
Placar1-0, min. 16, Saibtizer. 1-1, min. 45, Havertz. 1-2, min. 50, Brandt. 1-3, min. 55, Retsos. 1-4, min. 68, Volland.
ÁRBITRODeniz Aytekin, auxiliado por Christian Dietz e Eduard Beitinger, com Holger Henschel como quarto árbitro. Nenhum cartão foi aplicado.
INCIDENCIASPartida válida pela 29ª rodada da Bundesliga, realizada na Red Bull Arena, em Leipzig, na Alemanha.

Era um chamado “jogo de seis pontos” na Bundesliga. RB Leipzig e Bayer Leverkusen se enfrentaram na Red Bull Arena em confronto direto pela briga do G4 no Campeonato Alemão nesta segunda-feira (9). Mas mesmo com times tão parelhos, os visitantes dominaram: o Leverkusen saiu atrás no placar, mas venceu por 4 a 1 com uma tranquilidade surpreendente (especialmente no segundo tempo) e entrou na zona de classificação para a próxima Uefa Champions League.

O Leipzig começou abrindo o placar com Marcel Sabitzer no começo do jogo, mas perto do intervalo Kai Havertz empatou. No segundo tempo o Leverkusen passeou e sacramentou a vitória com gols de Julian Brandt, Panagiotis Retsos e Kevin Volland. Brandt foi o grande nome da partida com um gol e uma assistência, enquanto Volland quebrou um jejum de quase três meses sem marcar pela liga.

Com o resultado, o Die Werkself chegou aos 48 pontos e subiu para a quarta colocação. Já os Bullens foram ultrapassados pelos rivais desta segunda-feira (9) e pelo Eintracht Frankfurt, caindo para o sexto lugar e ficando na zona de classificação para a Uefa Europa League.

Com dois gols e uma assistência, Brandt foi o grande destaque do jogo (Foto: Reprodução/Bayer 04 Leverkusen)
Com gol e assistência, Brandt foi o grande destaque do jogo (Foto: Reprodução/Bayer 04 Leverkusen)

O jogo

A primeira grande chance do jogo foi do Leverkusen, logo aos 3min de jogo. Em cruzamento para a área, Jonathan Tah desviou e Julian Baumgartlinger concluiu de cabeça quase na pequena área, forçando grande defesa de Peter Gulácsi. Aos 8min, em contra-ataque perigoso, Brandt recebeu passe pela esquerda de Volland e saiu em disparada, mas acabou errando na hora de concluir a jogada e entregou a bola de presente para a defesa do RB Leipzig.

Os donos da casa chegaram com mais força apenas aos 10min, com boa chegada de Timo Werner pela direita, mas a finalização foi cortada por Tah. Aos 14 veio outra boa chance do Leipzig: Naby Keïta recebeu no meio e cortou bem a marcação, mas chutou de longa distância para fora. Apesar disso tudo, as investidas até então eram pequenas e o começo do jogo ficou marcado por muito estudo do adversário por parte de ambas as equipes.

Sabitzer chegou a abrir o placar, mas o Leipzig não conseguiu manter a vantagem (Foto: Odd Andersen/AFP via Getty Images)
Sabitzer chegou a abrir o placar, mas o Leipzig não conseguiu manter a vantagem (Foto: Odd Andersen/AFP via Getty Images)

Mas tudo mudou aos 16min. Em jogada pelo meio, Marcel Sabitzer recebeu e lançou para Yussuf Poulsen, que devolveu de cabeça. Sabitzer recebeu novamente e chutou com força no canto direito de Bernd Leno, abrindo o placar para os Bullens e fazendo a festa do torcedor na Red Bull Arena. No minuto seguinte, mais problemas para o Leverkusen: Panagiotis Retsos entrou no lugar de Sven Bender, que sofreu uma lesão e precisou deixar a partida mais cedo.

Os visitantes tentaram mostrar alguma reação aos 23min, quando Havertz recebeu ótimo lançamento de Brandt, mas pegou mal na bola dentro da área e isolou a chance. Dois minutos depois aconteceu o contrário: Havertz partiu em velocidade e cruzou para Brandt, mas o camisa 10 – livre na área – não alcançou a bola. O Die Werkself mostrou ter acordado e continuou pressionando. Aos 32, a grande chance: Brandt recebeu enfiada no meio e chegou livre na área, mas finalizou em cima de Gulácsi.

Parecia que o primeiro tempo acabaria assim, mas no último lance, o Leverkusen armou o contra-ataque após escanteio do RB Leipzig: Bender recebeu e lançou para Leon Bailey, que disparou pela esquerda e cruzou para Havertz, que concluiu muito bem de esquerda para marcar o lindo gol de empate dos visitantes.

Havertz (esq.) fez um belo gol para empatar o jogo (Foto: Odd Andersen/AFP via Getty Images)
Havertz (esq.) fez um belo gol para empatar o jogo (Foto: Odd Andersen/AFP via Getty Images)

O segundo tempo começou e logo com 5min o Leverkusen virou a partida. A jogada começou no campo de defesa: Leno bateu uma cobrança de falta da própria área, Volland desviou, Havertz ajeitou e Brandt aproveitou a desatenção da defesa dos Bullens para matar no peito e fazer o segundo dos visitantes, que tomavam a liderança e entravam no G4.

O Leverkusen seguiu na pressão e aos 10min, veio o terceiro. Brandt bateu falta pela direita, a bola desviou e cruzou toda a defesa para chegar em Retsos. O jovem lateral, que entrou no primeiro tempo, soltou a bomba de direita e ampliou para 3 a 1, marcando seu primeiro gol pelo Die Werkself e aliviando a situação com uma boa vantagem.

Aos 16, o Leverkusen teve um prejuízo enorme: o lateral-esquerdo brasileiro Wendell prendeu o pé esquerdo na grama em um lance feio e precisou sair carregado. Foi a segunda substituição por lesão que o técnico Heiko Herrlich no jogo: em seu lugar entrou o jovem Benjamin Henrichs.

Wendell sofreu uma lesão e deixou o jogo mais cedo (Foto: Martin Rose/Bongarts via Getty Images)
Wendell sofreu uma lesão e deixou o jogo mais cedo (Foto: Martin Rose/Bongarts via Getty Images)

Os visitantes seguiram dominando o segundo tempo e fizeram o jogo ficar fácil. Aos 24, o Leipzig saiu jogando errado no campo de defesa. Charles Aránguiz recuperou e deixou para Brandt, que rolou para Volland fuzilar e marcar seu 11º gol na Bundesliga. Com o tento, o camisa 31 quebrou um jejum de 793 minutos sem marcar gols no Campeonato Alemão – o último havia sido na derrota por 3 a 1 para o Bayern de Munique, em 12 de janeiro.

A única chance de perigo do Leipzig até o fim do jogo veio aos 37min – após troca de passes no ataque, Bruma invadiu a área pela esquerda e bateu firme, mas mandou para fora. O técnico Ralph Hasenhüttl substituiu alguns de seus principais jogadores visando o jogo da volta das quartas de final da Europa League contra o Olympique de Marseille, nesta quinta-feira (12), e os mandantes aceitaram o resultado no final.

Fim de jogo, vitória tranquila do Bayer Leverkusen por 4 a 1. O próximo desafio do Die Werkself também é direto pelo G4: contra o quinto colocado Eintracht Frankfurt neste sábado (14), em casa, na BayArena. Já o RB Leipzig faz o jogo da volta das quartas de final da Europa League na quinta (12) contra o Olympique de Marseille, na França – venceu a ida por 1 a 0. Pela Bundesliga, o próximo jogo dos Bullens é contra o Werder Bremen, fora de casa, no domingo (15).

Retsos fez seu primeiro gol com a camisa do Leverkusen (Foto: Reprodução/Bayer 04 Leverkusen)
Retsos fez seu primeiro gol com a camisa do Leverkusen (Foto: Reprodução/Bayer 04 Leverkusen)
VAVEL Logo

Alemanha Notícias

há 2 dias
há 2 dias
há 2 dias
há 5 dias
há 8 dias
há 14 dias
há 15 dias
há 15 dias
há 15 dias
há 16 dias
há 16 dias