Ter Stegen defende pênalti no fim, Barcelona bate Sevilla e conquista 13ª Supercopa da Espanha
(Foto: Divulgação/Barcelona)

Ter Stegen defende pênalti no fim, Barcelona bate Sevilla e conquista 13ª Supercopa da Espanha

Vencendo o Sevilla, o time catalão consagra mais um título tornando o Messi o jogador mais vitorioso da história do Barcelona

agnesrigas
Agnes Rigas
BarcelonaTer Stegen; Jorgi Alba; Lenglet; Piqué; Semedo; Arthur; Busquets; Rafinha; Dembélé; Suárez e Messi
SevillaVaclík; Gómez; Kjaer; Mercado; Escudero; Mesa; Banega; Navas; Vázquez; Sarabia e Muriel
Placar0-1, min 09, Sarabia. 1-1, min 42, Piqué. 2-1, min 78, Dembélé.
INCIDENCIASPartida válida pela final da Super Copa da Espanha.

Na tarde deste domingo (12), Barcelona e Sevilla se encontram para decidir o campeão da edição de 2018 da Supercopa da Espanha, no estádio Ibn-Batouta no Marrocos. Em um jogo bastante disputado pelas equipes, o Barcelona supera seu adversário e garante mais um título na competição.

A final de 2018 apresentou mudanças em relação aos anos anteriores. O jogo foi transferido para fora da Espanha, passou a ser um confronto único, nas edições passadas eram dois duelos, um na casa de cada time. E a entrada do VAR nas competições dos times espanhóis é uma das mudanças mais significativas. Grande parte das mudanças foram bastante contestadas pela equipe do Sevilla, o clube alegou que a Real Federação Espanhola de Futebol agiu contra seus interesses ao mudar o formato da Supercopa e por mandar a disputa para outro país.

No início do primeiro tempo, o Sevilla demonstrou atitudes mais ofensivas dentro de campo, de tanto pressionar o Barça, somente aos nove minutos de jogo sai o primeiro gol. De princípio, o juiz da partida Carlos del Cerro, tinha invalidado o gol, mas a partir desta temporada, o Campeonato Espanhol passa a ter o auxílio do arbitro de vídeo, e através da consulta, o gol do Sevilla foi considerado legal.

Com uma assistência de Muriel, Sarabia teve a liberdade de mandar um belo chute de pé esquerdo no gol do goleiro Ter Stegen e abrir o marcador. Após o gol, o Sevilla passou a assustar o time catalão, fazendo exatamente sua proposta esperada de jogo, chegando no ataque com bastante perigo.

Depois que levaram o gol, o Barcelona, que é o maior campeão da Super Copa da Espanha, o time liderado por Messi sofre problemas para criar oportunidades no jogo. O time da catalão esbarrava no modo organizado de jogar do Sevilla e não conseguia acionar seus principais jogadores de ataque. Em uma jogada de falta à favor do Barcelona, Piqué aproveita o rebote da falta batida na berreira por Messi e empata a partida.

No segundo tempo, o Sevilla entrou em campo depois do intervalo mais ofensivo ainda. Teve jogadas mais perigosas do que o Barcelona, mas não se pode duvidar do elenco do Barça. Mesmo tendo uma pré-temporada bem abaixo do seu nível, aos 78 minutos, Dembélé com um chute de fora da área sensacional, mandou uma bola indefensável no gol do Vaclík, que vinha fazendo uma bela partida mas não conseguiu adiar a vantagem do Barcelona.

Mas no último minuto de partida, antes do juiz dar os acréscimos, o goleiro Ter Stegen cometeu uma falta dentro da área e fez com que o Sevilla ganhasse um pênalti. Mas o Ben Yedder, que tinha acabado de entrar na partida, não foi feliz na batida e facilitou a defesa para o goleiro e consagrando a vitória na partida.

Com isso o Barcelona conquista seu 13° título da Supercopa da Espanha, e Messi e torna o jogador com mais títulos da história do clube, e levantou pela primeira vez como capitão do clube, a taça de campeão.

A partida da Supercopa dá início a temporada do futebol espanhol, então no próximo final de semana, o Sevilla joga contra o Rayo Vallecano fora de casa no domingo (19), as 15:15 no horário de Brasília. E o Barcelona joga contra o Alavés no Camp Nou no sábado (18), as 17:15 da tarde, no horário de Brasília.

 

VAVEL Logo

Liga Espanhola Notícias

há 4 dias
há 4 dias
há 5 dias
há 6 dias
há 7 dias
há 8 dias
há 11 dias
há 12 dias
há 12 dias
há 14 dias
há 15 dias