Atacante Pedro acerta com a Roma e deixará Chelsea de graça
Foto: Divulgação/Chelsea

Há alguns meses a Roma tem conversado com o staff de Pedro Rodríguez, atacante ex-Barcelona, que desde 2015/16 está no Chelsea. Aos 32 anos, o jogador que terá seu contrato com os Blues, encerrado ao fim da temporada, reforçará de graça o time italiano, em acordo firmado nesta quinta-feira (25), segundo o jornalista Fabrizio Romano, da Sky Sports Itália.

Pedro surgiu em meados de 2008 como uma das grandes promessas catalã. Muito querido pelo clube e a torcida, se firmou entre os principais jogadores do Barcelona em 2010/11 quando marcou 22 gols em 53 partidas, sua melhor temporada em estatísticas na carreira.

Jogador de duas Copas do Mundo, 2010 e 2014, perdeu espaço na Espanha quando o Barcelona adquiriu a compra de Neymar, em 2013. Voltando à reserva da equipe, atuou por bem menos minutos como em outras temporadas e em 2015 decidiu trocar de clube pela primeira vez profissionalmente, indo ao Chelsea.

Chelsea

A história do Barcelona, também foi parecida nos Blues. Com início promissor na Inglaterra, o atacante que custou 27 milhões de euros, teve quatro temporadas considerado como titular no Chelsea. Atuando como ponta direita, jogou por 201 vezes, marcando 43 gols e dando 28 assistências.

Apesar de ser peça importante no time que venceu a Europa League, Premier League, FA Cup e Carabao Cup nesse período, na atual temporada jogou por apenas 9 partidas, com 1 gol marcado apenas. Enquanto reserva, viu a ascensão de Tammy Abraham, Callum Hudson-Odoi e Christian Pulisic, como jogadores mais testados por Frank Lampard. Além dos citados, o Chelsea já tem garantido mais dois reforços para a posição, são eles: Timo Werner e Hakim Ziyech.

Saída

Diante de um projeto de renovação, o Chelsea dificilmente renova contratos com jogadores de idade acima dos 30 anos, desde que sejam considerados ídolos do clube. Com seu contrato próximo do vencimento, ao final deste mês, Pedro já foi notificado que pode procurar um novo clube, que será a Roma.

Segundo Fabrizio, as partes que conversavam há alguns meses, chegaram ao acordo hoje, em uma transferência gratuita, mas sem valor de salário divulgado. Além de Pedro, o Chelsea deve perder outro atacante nesta janela, o brasileiro William, que não teve seu contrato para a próxima temporada renovado.

VAVEL Logo